Inscrições para o Enem não vão ser prorrogadas, diz ministro da Educação durante visita a Noronha


Exame Nacional do Ensino Médio teve, em 2021, o menor número de inscritos desde 2007. Milton Ribeiro disse que a abstenção de 50% na edição de 2020 foi culpa da mídia, ‘que só falava em doença’. Ministro da Educação, Milton Ribeiro, diz que não haverá prorrogação de incrição do Enem
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou, nesta sexta (16), em Fernando de Noronha que não haverá prorrogação de prazo para inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O cadastramento terminou na quarta (14) (veja vídeo acima).
Em 2021, segundo o Ministério da Educação, foram 4.004.764 inscritos. Esse é menor número desde 2007, quando o exame contou com 3,57 milhões de cadastrados.
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o número de cadastrados também é o menor desde que a prova adotou o formato atual, em 2009.
Ministro da Educação, Milton Ribeiro, visitou o Centro Bem-Me-Quer
Ana Clara Marinho/TV Globo
O número final de candidatos habilitados a realizarem o exame pode cair ainda mais, porque o pagamento da taxa de inscrição, de R$ 85, pode ser feito até segunda-feira (19). Sem essa validação, a inscrição não é concluída.
Em rápida entrevista ao G1, o ministro Milton Ribeiro disse que o exame de 2020 teve 50% de faltas por causa de problemas com a imprensa.
“Nós tivemos cinco milhões e poucos inscritos no ano passado. Tivemos 50% de abstenção por conta da mídia, que só falava de doença”, declarou.
Sobre a perspectiva para o exame deste ano, o ministro disse que, quando tiver o resultado, “vamos ver quantos alunos, de fato, foram fazer o exame”.
O ministro chegou a Noronha nesta sexta. Ele visitou todas as áreas do Centro Bem-Me-Quer, instituição de ensino que atende a 200 alunos de zero a seis anos (veja vídeo abaixo).
Ministro da Educação visita Fernando de Noronha e fala sobre Enem 2021
Milton Ribeiro também falou que é possível ajudar o centro de educação local. “É possível ajudar, é preciso fazer um cadastro e verificar a possibilidade de fazer uma reforma”, declarou Milton Ribeiro.
O ministro da Educação e o presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, que também está em Fernando de Noronha, participaram de uma reunião fechada com a direção do Centro Bem-Me-Quer e a superintendente de Educação da Administração da Ilha, Rúbia Uchoa.
Na agenda do ministro Milton Ribeiro estava programada, ainda, nesta sexta, uma reunião com o Conselho Distrital e a participação em uma aula do curso de Condutores de Visitantes, na Escola Arquipélago. O curso é promovido pela Fundaj.
VÍDEOS: Mais assistidos de Pernambuco