Incêndios avançam no oeste dos EUA e deixam rastro de destruição


Dezenas de pessoas estão desaparecidas e milhares de construções foram consumidas pelo fogo no Oregon e na Califórnia. Mulher chora ao ver nesta sexta-feira (11) casa destruída pelos incêndios que atingiram a cidade de Talent, no Oregon (EUA)
John Locher/AP Photo
Os incêndios florestais que atingem a costa oeste dos Estados Unidos continuaram a deixar um rastro de destruição nesta sexta-feira (11). Autoridades do Oregon e da Califórnia estimam que dezenas de pessoas estão desaparecidas.
O número de mortes nos dois estados ainda é incerto. Na Califórnia, autoridades confirmaram a morte de 10 pessoas. No Oregon, o governo local não divulgou detalhe de quantas pessoas perderam a vida nos incêndios.
Voluntários do Arizona tentam conter um dos incêndios da Califórnia nesta sexta-feira (11)
David Crane/The Orange County Register via AP
A situação continua preocupante porque centenas de milhares de americanos precisaram deixar suas casas por causa do risco de destruição. Só no Oregon, o alerta chegou a 500 mil pessoas, o que representa mais de 10% dos habitantes do estado.
Imagens aéreas mostram destruição causada por incêndios em Oregon, EUA
Em Portland, a principal cidade do Oregon, moradores da periferia tiveram de procurar abrigo em um centro de convenções. A situação por lá só não piorou porque ventos soprados do Pacífico impediram que as chamas se alastrassem mais.
Destroços de casas consumidas pelos incêndios em Talent, no Oregon (EUA), em foto desta sexta (11)
John Locher/AP Photo
Mesmo assim, o cenário é de destruição em algumas cidades da costa oeste. A imprensa americana divulgou imagens de pessoas deixando suas casas em desespero ou tentando recuperar os pertences em meio aos escombros.
Veja no VÍDEO abaixo
Famílias deixam casas às pressas nos EUA para fugir de incêndios; veja imagens
O diretor de administração de emergências do Oregon, Andrew Phelps, disse que as autoridades do estado estão “se preparando para um evento de fatalidade em massa”, com milhares de construções destruídas pelos incêndios.