Hungria Hip Hop: quem é o rapper que Isaquias Queiroz citou ao comemorar a medalha de ouro

Em resposta ao canoísta, o happer publicou um vídeo nas redes sociais comemorando a vitória de Isaquias e convidando-o para ir até sua casa quando retornar de Tóquio. Isaquias Queiroz cita música do rapper Hungria Hip Hop e cantor agradece
Durante uma entrevista após ganhar a medalha de ouro na canoagem velocidade nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o baiano Isaquias Queiroz comemorou a conquista citando versos da música “Um Pedido”, do happer ‘Hungria Hip Hop’ (assista ao vídeo acima).
“Eu tenho uma pequena música, ela é [significa] muito para mim…ela é do Hungria Hip Hop: ‘Um dia eu vi uma estrela cadente e fiz um pedido. Creio, fui atendido. Era só um menino brincando com os amigo’ e hoje eu sou um campeão olímpico…Estou muito feliz!”, disse Isaquias.
Logo após, Hungria Hip Hop postou um vídeo nas redes sociais convidando o atleta para ir até sua casa quando retornar do Japão.
“Quero você aqui em casa! Quero você aqui em casa! Vai chegar e vai vir para cá! Favela venceu ou não?”, respondeu Hungria Hip Hop ao canoísta olímpico.
Gustavo da Hungria Neves, conhecido como ‘Hungria Hip Hop’, tem 30 anos e nasceu em Ceilândia, no Distrito Federal. Fenômeno na internet, o rapper lançou sua primeira música aos 14 anos, “Hoje tá embaçado”. Atualmente, ele tem mais de 8 milhões de seguidores no Instagram e mais de 11 milhões de inscritos em seu canal no YouTube.
Initial plugin text
‘Larguei tudo na vida para me dedicar ao esporte’
Isaquias Queiroz, de 27 anos, conquistou na manhã deste sábado no Canal Sea Forest, na baía de Tóquio, a medalha de ouro na prova do C1 1000m da canoagem velocidade, com o tempo de 4m04s408.
“É um trabalho longo, de uma vida inteira. Larguei tudo na minha vida para me dedicar ao esporte, não só eu, mas minha esposa também. Minha mãe passou por muita coisa na vida e hoje está vendo o filho medalhista de ouro, dedico a ela também essa medalha – disse Isaquias durante a entrevista.
Agora, o brasileiro soma quatro medalhas olímpicas em sua carreira (o ouro de Tóquio e duas pratas e um bronze da Rio 2016). Foi o único brasileiro em toda a história a conquistar três metais em uma única edição do megaevento. Ele também ostenta 12 pódios em Campeonatos Mundiais (dos quais seis ouros) e quatro em Jogos Pan-Americanos (três ouros).
VÍDEOS: O Brasil nas Olimpíadas de Tóquio