Honda vai lançar ‘aventureira popular’ e 2 scooters elétricos no Salão de Tóquio 2019


Montadora aposta em tecnologia com baterias portáteis para motos elétricas. ADV 150 e a nova Africa Twin 1100 também farão estreia no evento. Honda CT 125 é uma “aventureira popular”
Divulgação
A Honda anunciou algumas de suas novidades para o Salão de Tóquio 2019, que vai de 23 de outubro a 4 de novembro, no Japão.
Além da nova geração do Fit, a marca vai apresentar dois scooters elétricos e o conceito CT125.
Motos 2019: veja 20 modelos esperados até o fim do ano
Veja as novidades confirmadas:
CT125 Concept;
Benly e (elétrica);
Gyro e (elétrica);
Nova Africa Twin;
ADV 150 (scooter aventureiro).
‘Aventureira popular’
A CT 125 utiliza como base a Super Cub, a moto que deu origem a atual Biz brasileira. A linha Super Cub ainda é vendida no Japão, e a CT 125 é uma leitura aventureira do modelo, com possibilidade de rodar na terra e no asfalto.
Como diferenciais, a CT 125 tem pneus de uso misto e escapamento alto, passando pela lateral da moto, bem no estilo “Scrambler”.
Honda CT 125 é uma “aventureira popular”
Divulgação
Benly e
Como parte de iniciativas de uso de motos elétricas, a Honda vai apresentar a sua tecnologia de baterias portáteis para motos. Em 2018, a marca se uniu a Yamaha, Suzuki e Kawasaki para desenvolver este tipo de dispositivo.
O Benly e será um scooter urbano para pequenos deslocamentos e também transporte de carga.
Honda Benly e
Divulgação
Gyro e
Ele é um irmão do Benly e com três rodas — uma na dianteira, e duas na traseira. Sua capacidade de carga é aumentada com um bagageiro maior na traseira.
Honda Gyro e
Divulgação
Scooter aventureiro de baixa cilindrada
Além das motos inéditas, outros modelos, como o ADV 150 farão sua estreia no Japão. Ele foi lançado recentemente na Indonésia como uma variante do PCX 150 mais preparada para terrenos ruins. Inspiração veio do X-ADV, que tem motor de maior cilindrada.
Honda ADV 150
Honda/Divulgação
Nova Africa Twin
A principal aventureira da Honda na atualidade acabou de evoluir. Em nova geração, ela ganhou motor 1100 e chegou a 102 cavalos de potência. No Salão de Tóquio, ela fará sua estreia no mercado japonês.
Honda CRF 1100L Africa Twin
Divulgação