Guitarrista Billy Brandão reúne dez temas instrumentais no primeiro álbum solo, ‘O bicho tá pegando’


Single ‘Par ou ímpar’ apresenta o disco autoral gravado pelo músico carioca, requisitado por nomes como Erasmo Carlos e Frejat. ♪ Em cena desde os anos 1980, quando integrou as bandas Esquina do Pecado e Buana 4, o guitarrista e compositor carioca Billy Brandão apresenta o primeiro álbum solo, O bicho tá pegando, neste segundo semestre de 2021, com a tarimba de já ser músico respeitado e requisitado no universo pop roqueiro, tendo tocado em discos e shows de nomes como Erasmo Carlos e Roberto Frejat.
Previsto para ser lançado entre agosto e setembro, em data ainda incerta, o álbum O bicho tá pegando reúne dez temas instrumentais, quase todos de autoria do artista. Um deles, Par ou ímpar, chega ao mundo digital na sexta-feira, 16 de julho, anunciando a existência do álbum, em cujo repertório Billy Brandão alinha composições como Acesso ao camarim e Pé de chumbo, além da música-título O bicho tá pegando.
O álbum foi gravado no estúdio Du Brou, de Frejat, com produção musical orquestrada pelo próprio Billy Brandão desde 2018, sem pressa e sem pressão, com o músico na guitarra, Alexandre Katatau no baixo e Lourenço Monteiro na bateria.
Embora centrado no toque do trio, o disco O bicho tá pegando também traz a marcação da percussão de Eduardo Lyra e os sopros do trio de metais formado pelo trompetista Diogo Gomes, o trombonista Marlon Sette e o saxofonista Zé Carlos Bigorna.
Capa do álbum ‘O bicho tá pegando’, de Billy Brandão
Divulgação
A intenção de Billy Brandão foi gerar álbum em que se mostrasse além da figura de guitar hero. “Eu estou, sim, solando em todas as músicas, mas eu me vejo mais como um ‘cantor’ (ou melhor dizendo: minha guitarra que é), interpretando o tema das músicas, muito mais do que esperando uma brecha pra mostrar meus licks, riffs e chops. Pelo contrário, eu tive a preocupação de mudar timbres e busquei por efeitos estranhos e tal, procurando fugir do lugar comum do ‘disco de guitarrista’ ou melhor, do estereótipo do guitar hero. Eu cortei vários trechos meus de solos, quis dar ênfase a estética de canção dessas músicas, sem muitas indulgências e egotrips de solos longuíssimos”, enfatiza Billy Brandão, que atualmente reside em Londres.
Ainda que O bicho tá pegando seja álbum basicamente autoral, o repertório inclui abordagem de canção dos Beatles, She’s leaving home (John Lennon e Paul McCartney, 1967).