Grupo sem-terra faz protestos na BR-153 próximo a Comendador Gomes


Manifestação ocorre na rodovia pelo segundo dia consecutivo devido à ordem de reintegração de posse em fazenda. PRF e equipe da Triunfo Concebra estão no local. Tráfego no trecho flui normalmente nesta quinta-feira (22)
PRF/Divulgação
Cerca de 70 assentados do Movimento Unidos dos Sem Terra (Must II) fazem uma manifestação na manhã desta quinta-feira (22), na BR-153, próximo ao município de Comendador Gomes. O protesto ocorre na altura do km 147 e, a princípio, não interfere no tráfego local.
De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo realiza protestos na rodovia pelo segundo dia consecutivo e, nesta manhã, estão no local desde as 8h30.
O líder do movimento, Carlos Alberto Muniz, informou que os manifestantes estão reivindicando uma reunião imediata para solucionar o impasse sobre a reintegração de posse da Fazenda Barra e Cidimar, que fica localizada no trecho às margens da rodovia.
Muniz esclareceu que há uma decisão liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) determinando que os 124 assentados deixem a área até a próxima terça-feira (27). Como são muitas famílias, o Must II pede maior prazo para que o movimento se organize para cumprir a ordem judicial.
A Triunfo Concebra informou ao G1 que a manifestação não está afetando o tráfego no trecho neste momento. Além da PRF, está no local uma equipe da concessionária em apoio para garantir a segurança dos usuários e evitar que alguma faixa seja interrompida.
Segundo dia
De acordo com as informações da concessionária responsável pela rodovia, na tarde desta quarta-feira (21) o grupo também realizou uma manifestação no município de Prata.
O ato de protesto ocorreu no km 140 e houve interdição parcial da pista em ambos os sentidos. O trânsito ficou lento e a pista ficou fechada por pouco mais de uma hora.
Conflito
A mesma propriedade rural foi alvo de um conflito no ano passado. A ocorrência foi registrada na madrugada do dia 29 de setembro depois que cerca de 10 homem armados e encapuzados invadiram o local atirando para o alto e agredindo os ocupantes.
O assentamento onde as agressões ocorreram ocupa uma área no perímetro de Prata de aproximadamente 3.500 hectares e fica no km 144 da BR-153. Pelo menos três pessoas ficaram feridas e carros e casas foram baleados pelos criminosos.

Powered by WPeMatico