GPA encosta no Carrefour Brasil após alta em vendas no 1º trimestre


Grupo varejista elevou em 12,4% a receita bruta no primeiro trimestre, para R$ 13,8 bilhões. O grupo varejista GPA, controlado pelo francês Casino, elevou em 12,4% a receita bruta no primeiro trimestre, para R$ 13,8 bilhões, em um resultado novamente impulsionado pela bandeira Assaí e que ressalta acirramento da concorrência com o Carrefour Brasil.
No segmento de atacarejo, que ganhou relevância em meio à crise econômica, o GPA registrou crescimento de 25,6% nas vendas totais, apoiado em um ambicioso plano de expansão orgânica que prevê 20 novas lojas por ano.
Assaí
Divulgação
Na véspera, o Carrefour Brasil, maior rival do GPA, divulgou alta de 9,9% nas vendas brutas do primeiro trimestre, para R$ 14,2 bilhões, conforme um salto de 13,6% na receita bruta do Atacadão compensou o desempenho estável da unidade Carrefour Varejo.
O Atacadão ainda lidera o segmento de atacarejo no país em vendas, mas atualmente enfrenta crescente concorrência de novos participantes entrando no formato, bem como do Assaí.
No conceito mesmas lojas, a receita bruta trimestral do GPA subiu 7,5% na comparação anual, desconsiderando efeitos de calendário. No Assaí, as vendas mesmas lojas subiram 10,7% na mesma base. Já no multivarejo, divisão que compreende as bandeiras Extra e Pão de Açúcar em diferentes formatos, houve avanço de 4,8%.
As ações do GPA encerraram a quarta-feira em queda de 0,3%, cotadas a R$ 96,35, enquanto as do Carrefour Brasil fecharam em baixa de 1,8%.