Google faz acordo para pagar R$ 4,31 bilhões à Receita da França

Google admitiu que desembolsará R$ 2,23 bilhões de multa administrativa

Google admitiu que desembolsará R$ 2,23 bilhões de multa administrativa
JOHN G MABANGLO/EFE – 04.10.2016

O Google aceitou pagar 965 milhões de euros (R$ 4,31 bilhões) para encerrar uma investigação aberta na França por supostas irregularidades fiscais cometidas entre 2011 e 2014, montante que o governo do país classificou como “recorde”.

A companhia admitiu, por meio de comuniado, que desembolsará 500 milhões de euros (R$ 2,23 bilhões) de multa administrativa, e outros 465 milhões de euros (R$ 2,07 bilhões) em taxas adicionais.

Dessa forma, fica encerrado um antigo processo da Receita da França contra o Google, que era acusado de ocultar a atividade no país através do pagamento de impostos na Irlanda.

O Ministério Público francês abriu a investigação em junho de 2015, depois que fiscais do fisco verificassem que a companhia criada nos Estados Unidos não havia pago o imposto de sociedades durante quatro anos.

O Tribunal de Apelação de Paris também divulgou comunicado com detalhes sobre o teor do acordo, e confirmou que a partir do pagamento, fica fechado o processo penal contra o Google.

Em entrevista ao jornal “Le Figaro”, o ministro da Fazenda, Gérald Darmanin, considerou que o montante “é recorde” e garantiu que os valores são semelhantes aos que eram cobrados.

“Com o Google, é melhor um bom acordo, do que um mau processo. É um dinheiro que nos deviam, não cai do céu”, explicou.

A ministra da Justiça do país, Nicole Belloubet, por sua vez, destacou que a resolução do caso não teria sido possível sem a adoção de novas regras na luta contra a corrupção na França.