Fraudes aumentaram prejuízos para 72% dos negócios online do Brasil em 2018, diz Serasa

País aparece à frente da média global, de 55%. Pesquisa foi feita em 21 países. Brasil é o 3º em ranking de prejuízos com fraude virtual
As fraudes digitais causaram um aumento de prejuízo para 72% dos negócios online do Brasil em 2018, segundo pesquisa realizada pela Serasa. O percentual é o terceiro maior entre os países apurados no levantamento, atrás apenas dos Estados Unidos (80%) e Reino Unido (76%).
O Brasil aparece também 17 pontos acima da média global da pesquisa, de 55%, que envolveu 21 países que constataram aumento de perdas relacionadas a crimes virtuais no período de janeiro e dezembro do ano passado.
Ainda de acordo com a pesquisa, as perdas ocorreram predominantemente por meio de ataques de origem e de tomada de controle, “ambos particularmente danosos à reputação das marcas”. “Isso pode ser o resultado das fraudes se mudando de terminais de cartões para canais móveis e online, desde a adoção dos cartões com chip”, aponta a pesquisa.
Além das perdas, mais de dois terços dos negócios ouvidos em todos os países pesquisados mostraram um aumento da preocupação com as fraudes.
Apesar das preocupações, 91% dos consumidores compraram bens e serviços online no ano passado. Em todo o mundo, 74% dos consumidores apontaram a segurança como o serviço mais importante durante uma experiência online. No Brasil, esse percentual sobe para 84%.