Filhote de leão-marinho preso em corda é resgatado nas ilhas Galápagos


A mãe do mamífero teve que ser mantida em uma rede pelos socorristas para ajudar no processo. Filhote de Leão Marinho é resgatado no Parque Nacional Galápagos
Divulgação/PNG/Facebook
Um filhote de leão-marinho preso por uma corda no pescoço foi resgatado na ilha de Santa Cruz por guardas florestais do Parque Nacional Galápagos (PNG), informou a autoridade ambiental equatoriana neste sábado (8).
Os socorristas que realizavam trabalhos de limpeza costeira na área “intervieram imediatamente para libertar o pequeno mamífero da corda mortal”, postou em uma rede social o PNG, responsável por cuidar da reserva natural.
Veja o vídeo:
Initial plugin text
Nessas ilhas, localizadas a 1.000 km da costa do Equador, são conservadas uma dúzia de espécies de tartarugas de Galápagos (Chelonoidis), além de iguanas terrestres e marinhas, leões marinhos, uma grande diversidade de aves e o maior número de espécies endêmicas no planeta.
A entidade ambiental explicou que, durante o resgate, a mãe do leão-marinho teve que ser mantida em uma rede para “intervir e cumprir o objetivo”.
O arquipélago de Galápagos serviu de laboratório para o naturalista inglês Charles Darwin para seu trabalho no desenvolvimento da teoria da evolução das espécies.
A reserva marinha da região insular – criada em 1998 para proibir a pesca industrial – também é um santuário de baleias desde 1990.