Fifa envia advertência ao Brasil e dispara multas nas oitavas da Copa

Torcedores de Brasil e Sérvia começaram uma briga logo após gol de Paulinho

Torcedores de Brasil e Sérvia começaram uma briga logo após gol de Paulinho
Axel Schmidt/Reuterds – 27.6.2018

Como um árbitro que está prestes a perder o controle do jogo e distribuiu inúmeros cartões amarelos, a Fifa decidiu multar quatro seleções no último sábado (30). Sérvia e Brasil escaparam de penas financeiras e levaram apenas uma advertência pela briga de seus torcedores. No total, 110 mil francos suíços (aproximadamente R$ 431 mil) de sanções em um único dia de Copa do Mundo.

Veja os confrontos das oitavas de final

As federações multadas em dinheiro foram Rússia (em R$ 39 mil por permitir uma banner discriminatória na partida contra o Uruguai), a Sérvia (em R$ 78 mil um faixa política e ofensiva no jogo contra o Brasil), o México (em R$ 59 mil por objetos atirados pela torcida no gramado na partida contra a Suécia) e o Marrocos (em R$ 255 mil pelo número excessivo de integrantes da comissão técnica no banco de reservas e mau-comportamento da torcida no jogo contra a Espanha).

 

 

Além de Sérvia e Brasil, a Fifa também enviou advertências para o Egito (que não garantiu a presença de Salah na entrevista do melhor jogador em campo contra a Arábia Saudita), para o marroquino Noureddine Amrabat (que disse para as câmeras que o VAR era uma farsa depois da partida contra a Espanha) e Espanha (que permitiu que diversos jogadores utilizassem itens de marcas nã-autorizadas em entrevistas oficiais).

A confusão com sérvios e brasileiros aconteceu logo após o gol de Paulinho, na vitória por 2 a 0, pela última rodada da fase de grupos. Não foi possível precisar a razão da briga, mas as imagens mostram dois homens trocando socos, com uma mulher tentando separar. Os stewards separaram os brigões e os levaram para fora do Estádio do Spartak.