Fies 2021 abre inscrições nesta terça; seleção usará notas do Enem de 2010 a 2020


Ao todo, são 69 mil vagas em 1.324 instituições privadas de ensino superior. Para participar, os candidatos devem ter realizado a prova do Enem entre 2010 e 2020. Prazo para se inscrever no Fies se encerra na sexta-feira (30), às 23h59
Fies
O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021 do segundo semestre abre o período de inscrição nesta terça (27) e encerra na sexta-feira (30), às 23h59. O resultado dos pré-selecionados será divulgado em 3 de agosto.
Ao todo, são 69 mil vagas distribuídas em 23.320 cursos e/ou turnos de 1.324 instituições privadas de ensino superior diferentes.
Os candidatos que não forem selecionados na chamada única serão automaticamente incluídos na lista de espera. O prazo para convocação dos selecionados desse grupo ocorre entre os dias 4 e 31 de agosto.
Leia também:
Enem 2021 tem 3,1 milhões de inscritos confirmados, menor número desde 2005
Quem pode participar do Fies?
Para se inscrever no Fies, o interessado deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre os anos de 2010 e 2020 e tirado nota média acima de 450. Candidatos que fizeram o exame na condição de treineiro ou que tiraram nota zero na redação não podem se inscrever.
Os bolsistas parciais do Prouni também podem solicitar o financiamento.
Como o Fies funciona?
O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas. Atualmente, tem duas categorias:
a primeira oferece vagas com juro zero para estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
a segunda, chamada P-Fies, tem juros variáveis e é direcionada a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.
Vídeos: confira as notícias sobre Educação