Fiat faz recall de quase 140 mil veículos por ‘airbags mortais’


Modelos envolvidos são Palio, Uno, Grand Siena, Doblò e Doblò Cargo, produzidos entre 2013 e 2014. fiat palio
Divulgação
A Fiat convocou nesta sexta-feira (12) um recall de 138.116 veículos por uma falha nos airbags. Estão envolvidos na chamada os modelos Palio, Uno, Grand Siena, Doblò e Doblò Cargo, produzidos entre 2013 e 2014. O reparo é gratuito.
Veja abaixo os chassis:
Veja modelos envolvidos em recall
Os modelos passarão por verificação, e, se necessário, troca do módulo do airbag do lado do motorista e/ou do passageiro.
Segundo a Fiat, há “possibilidade de degradação do deflagrador do airbag devido à eventual exposição do veículo a variações elevadas de temperatura e umidade absoluta durante longos períodos”.
Com isso, em colisões, a bolsa pode explodir, projetando fragmentos metálicos nos ocupantes.
Fiat Grand Siena
Divulgação
Esses modelos possuem os chamados “airbags mortais”, da fabricante japonesa Takata. O problema está em uma peça defeituosa chamada insuflador. Ela é um tipo de caixa metálica que abriga o gás que faz a bolsa de ar inflar.
Veja todos os recalls anunciados em 2019
Recall tem novas regras no Brasil; veja como ficou
O defeito nessa peça causa uma abertura forte demais quando o airbag é acionado. Além disso, a falha gera trincas no insuflador e, com a explosão do airbag, ele se estilhaça, atirando pedaços de metal contra os ocupantes, causando ferimentos que podem ser fatais.
Em dezembro, a Fiat já havia anunciado um recall de 81 mil veículos pela mesma falha. Na época, os modelos afetados foram Uno, Palio e Grand Siena, produzidos entre 2012 e 2013.
ENTENDA O CASO DOS AIRBAGS MORTAIS
Entenda o caso dos ‘airbags mortais’ da Takata; Brasil tem recalls
Initial plugin text