‘Ferrari dos tratores’ chega ao Brasil em investimento de R$ 150 milhões


Grupo alemão AGCO traz ao país a marca Fendt, de máquinas agrícolas de alta tecnologia. Trator Fendt 1050 Vario custa US$ 450 mil
Divulgação/Fendt
Já presente no Brasil com as marcas de tratores Valtra e Massey Ferguson, o grupo alemão AGCO traz ao país a linha de máquinas agrícolas de tecnologia de ponta Fendt. Com um investimento de R$ 150 milhões em 2 anos, a empresa instalou escritório, centro comercial e estoque de peças na BR 163 em Sorriso, no Mato Grosso, principal estado produtor de soja.
“Estamos no coração da agricultura brasileira”, disse Luís Fernando Felli, presidente da AGCO na América Latina, em evento com jornalistas nesta terça-feira (23) em São Paulo. Nas palavras dele, “a Fendt é a Ferrari dos tratores” e uma máquina da marca “tem mais tecnologia embarcada do que um carro importado de luxo.”
A princípio, a Fendt vende no Brasil o trator 1050 da série 1000 Vario, com motor MAN de 517 cavalos de potência, que pode usado no preparo de solo, plantio e transporte de grãos ou cana. A máquina custa US$ 450 mil e é importada diretamente da Alemanha para o Mato Grosso. A empresa diz que a venda será limitada, mas não informou o número de unidades disponível.
As primeiras vendas do 1050 Vario já foram fechadas. O comprador é o grupo Bom Futuro, produtor de algodão. O número de tratores negociados não foi revelado.
Segundo o fabricante, o trator é equipado com uma tecnologia que distribui de maneira inteligente a potência entre os eixos traseiro e dianteiro, que trabalham independentes, otimizando o consumo de combustível.
A partir de 2020, a marca venderá também no país a colheitadeira Ideal e a plantadeira Momentum. A primeira será produzida na fábrica da AGCO em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, e a segunda, na unidade de Ibirubá, também no Rio Grande do Sul.