Felipe Poeta, filho de Patrícia Poeta, lança primeira música de sua nova gravadora


‘O que me faz’, parceria do músico de 18 anos com Ferreira e Mogli, foi lançada nesta terça-feira (30). Felipe Poeta
Divulgação
Felipe Poeta lançou nesta terça-feira “O que me faz”, primeira música da sua gravadora Tha House, em parceria com os músicos Ferreira e Mogli. Clique para ouvir.
Felipe, de 18 anos, é filho de Patrícia Poeta e já lançou um EP com cinco faixas em 2020. Agora, ele inaugura o projeto de gravadora, na qual ele atua como cantor e produtor.
“Desde cedo eu sabia que o meu caminho era a guitarra ou o surfe. Sendo que no surfe eu nunca fui muito bom”, disse Felipe ao G1. Foi fácil escolher a música. Agora, ele começa 2021 com mais caminhos: as canções próprias, a produção musical e a universidade.
Leia perfil: Felipe Poeta, filho de Patrícia Poeta, investe na carreira de músico e cria gravadora aos 18 anos
O estúdio que é base da Tha House foi montado em sua casa no Rio. Felipe se empolga com a chance de produzir outros artistas jovens como ele, em especial na efervescente cena de rap alternativo carioca.
Ele foi aceito na Los Angeles College of Music, em um curso voltado a composição e produção. “Mas como estou abrindo a gravadora, o plano é ir só no fim do ano, em outubro”, ele diz. “Tem muita coisa acontecendo”, ele resume.
“A produção me ajuda a escrever, ter ideias, expandir para outras ‘vibes’. Mas se eu me aprofundo muito na técnica, isso tira um pouco do processo criativo”, ele diz. A ideia, então, é se equilibrar nas duas frentes – seguindo o modelo do produtor e cantor Pharrell Williams.
Entre suas principais referências musicais estão o rap inovador de nomes como J Dilla, Madlib e MF Doom (que morreu recentemente). Mas ele também vai do jazz de John Coltrane e Miles Davis ao r&b alternativo de Frank Ocean e Anderson Paak.

Initial plugin text
As novidades do entretenimento no Semana Pop: