Felino morre após ser atropelado em estrada vicinal de Sagres


Motorista afirmou que não viu o animal atravessar a pista, próximo ao bairro Placa 28. Biólogo acredita ser uma jaguatirica. Felino foi encontrado atropelado em uma estrada vicinal de Sagres
Camila Iembo/Cedida
Um felino foi encontrado morto em uma estrada vicinal em Sagres (SP). De acordo com a engenheira ambiental da Prefeitura, Camila Iembo, o animal foi atropelado no fim de semana.
Ainda conforme Camila, o atropelamento foi na tarde do domingo (17). O motorista seguia pela estrada que liga Sagres a Inúbia Paulista (SP) e afirmou que não viu o animal que atravessava a pista, próximo ao bairro Placa 28. Com o impacto, o felino morreu no local. O motorista não sofreu ferimentos e foram registrados apenas danos no veículo.
A Polícia Militar Ambiental informou que apura a ocorrência.
O felino
O biólogo Silvério Takao Hosomi disse ao G1 que, pelas fotos, o animal aparenta ser uma jaguatirica (Leopardus pardalis). Ele ressaltou que o que difere essa espécie da onça-pintada (Panthera onca), por exemplo, é o padrão das pintas no corpo e na cabeça. Outras diferenças estão no tamanho do porte, na coloração amarelada e, principalmente, no tamanho das patas e da cauda em relação ao corpo, o que auxilia na identificação e na diferenciação.
“A região do Oeste Paulista costuma ter a presença da jaguatirica, porém, este animal tem hábitos noturnos. O excesso de velocidade nas estradas contribui muito para esse tipo de acidente”, disse Hosomi ao G1.
Felino foi encontrado atropelado em uma estrada vicinal de Sagres
Camila Iembo/Cedida
Características
A jaguatirica é um felino de médio porte, podendo medir 1 metro, mais a cauda com até 40 cm, pesando de 8 a 15 kg. São animais solitários, de hábitos noturnos, e excelentes nadadores e escaladores de árvores.
São encontrados na Caatinga, no Cerrado e no Pantanal, mas principalmente em florestas tropicais e subtropicais, inclusive matas de galeria.
Felino foi encontrado atropelado em uma estrada vicinal de Sagres
Camila Iembo/Cedida
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.