Falha no Twitter permitiu obter o telefone de milhões de usuários

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/twitter-privacidade-leis-tecnologia-03122019094727636?dimensions=660×360&amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=860×469+0+74&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=860×469+0+74" title="Brecha de segurança permitiu obter o número de celular de usuários do Twitter" alt="Brecha de segurança permitiu obter o número de celular de usuários do Twitter" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Brecha de segurança permitiu obter o número de celular de usuários do Twitter</span>
<span class="credit_box ">REUTERS/Dado Ruvic</span>
</div>
</div>

<p>
Os usuários do Twitter estavam vulneráveis ao vazamento do número de celular registrado no perfil. As informações foram publicadas pelo site TechCrunch após o pesquisador de segurança digital Ibrahim Balic denunciar a falha na plataforma.</p>
<p>
A brecha de segurança foi encontrada a partir de uma função do aplicativo da rede social para Android usada para encontrar pessoas conhecidas a partir de um número de celular.</p>
<p>
Como medida de segurança, não era possível enviar uma lista com vários telefones de uma só vez. Ibrahim, porém, conseguiu fazer uma combinação de 2 bilhões de números e testar um a um para descobrir 17 milhões de contatos de usuários.</p>
<p>
Segundo a reportagem, Ibrahim explorou a falha por dois meses e conseguiu obter mais de 2 milhões de contatos de usuários em Israel, Turquia, Irã, Grécia, Armênia, França e Alemanha. A ação foi identificada e bloqueada em 20 de dezembro.</p>
<p>
“Ao saber desse bug, suspendemos as contas usadas para acessar inadequadamente as informações pessoais das pessoas. Proteger a privacidade e a segurança das pessoas que usam o Twitter é a nossa prioridade número um e continuamos focados em interromper rapidamente spam e abusos originados pelo uso das APIs do Twitter ”, disse o porta-voz do Twitter ao TechCrunch.</p>
<p>
Leia também:</p>
<p>
<a href="https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/fotos/relembre-7-celulares-que-foram-objeto-de-desejo-em-2019-28122019#!/foto/1" target="_blank"><strong>Relembre 7 celulares que foram objeto de desejo em 2019</strong></a></p>

<iframe frameborder="0" id="iframe-gallery" src="/embeds/gallery/5dd40051416eb9147c001c88" style=" width: 790px; overflow: hidden; height: 750px;"></iframe>