Facebook coletou contatos de e-mails de 1,5 milhão de usuários

Facebook diz que corrigiu falha e que informações não foram vazadas

Facebook diz que corrigiu falha e que informações não foram vazadas
REUTERS/Dado Ruvic – 28.3.2019

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (18) que uma falha de segurança fez seu sistema coletar cerca de 1,5 milhão de contatos que estavam nos e-mails de usuários desde maio de 2016. Segundo uma nota oficial, os dados já teriam sido apagados e jamais foram compartilhados.

Na época em que o problema apareceu, o cadastro na rede solicitava a senha do e-mail pessoal do usuário para autenticar o login. No entanto, havia um bug no sistema, que fazia com que os contatos armazenados no endereço eletrônico da pessoa fossem importados automaticamente.

Leia também: Facebook irá explicar claramente como usa dados dos usuários, diz UE

O Facebook disse que corrigiu a falha de segurança e que irá notificar os usuários que foram atingidos pelo problema. Ele surgia no momento em que os perfis na rede eram criados. A plataforma da rede social pedia a senha do e-mail como modo de confirmar a identidade.

A ideia era que o login serviria para confirmar que a mensagem de verificação tinha chegado ao endereço informado. Após o preenchimento dos dados, aparecia a opção de importar os contatos armazenados no e-mail. O objetivo era facilitar que o usuário localizasse pessoas conhecidas na rede social.

O erro de segurança anunciado pelo Facebook nesta quinta fazia com que essa operação fosse realizada mesmo que o usuário optasse por não importar esses dados. Após várias críticas, essa funcionalidade foi desativada em março deste ano, segundo o comunicado do Facebook.

“Nós estimamos que 1,5 milhão de contatos de e-mails foram coletados. Estes contatos não foram compartilhados com ninguém e estão sendo deletados. Consertamos a falha e estamos notificando as pessoas que tiveram os seus contatos importados. As pessoas podem revisar e gerenciar os contatos que compartilham nas configurações do Facebook”, afirma a nota da rede social.