Fabricante de carros elétricos deixa de usar couro animal nos bancos

Interior do Model 3 da Tesla não terá itens recobertos com couro animal

Interior do Model 3 da Tesla não terá itens recobertos com couro animal
Divulgação/Tesla

A montadora de carros elétricos Tesla anunciou em sua conta do Twitter no último sábado (31), que o Model 3 será 100 % livre de couro animal em toda parte interna do veículo.

O empresário Elon Musk já havia se comprometido a eliminar o uso do material de origem animal nos carros da Tesla até o fim deste ano. 

Antes de decidir por retirar completamente os itens recobertos de couro da linha de montagem do Model 3, os clientes da Tesla podiam optar por bancos com o acabamento em material sintético no momento da compra do veículo.

A PETA, organização não governamental voltada para as questões ambientais, pressiona a montadora desde 2015 para que os veículos não tenham mais itens recobertos com couro animal. 

A Tesla também prometeu que seu próximo Model Y, que deve ser lançado em 2020, será totalmente ‘vegano’, ou seja, não terá nenhum item em sua fabricação de origem animal. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques