Ex-cantor de K-pop é indiciado por acusações de organização de prostituição e aposta ilegal


Seungri anunciou aposentadoria do grupo Big Bang em março de 2019. Seungri, ex-membro do grupo Big Bang
Reprodução/Instagram
Seungri, ex-membro da banda sul-coreana de k-pop Big Bang, foi indiciado nesta sexta (31) por acusações que envolvem organização de prostituição e aposta ilegal.