EUA não vão renovar isenções para importadores de petróleo do Irã, diz Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu não renovar em maio as isenções que permitem a importadores comprar petróleo iraniano, sob o risco de sanções, disse a Casa Branca em comunicado nesta segunda-feira.
Os EUA, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes “concordaram em tomar medidas oportunas para garantir que a demanda global seja atendida, já que todo o petróleo iraniano será retirado do mercado”, disse a Casa Branca.
Os contratos futuros do petróleo avançavam para as máximas de 2019 nesta segunda-feira (22), com os Estados Unidos pressionando as exportações iranianas, o que tende a apertar a oferta global.