‘Eternos’: Quem são os heróis do novo filme da Marvel? G1 explica origem e história nos quadrinhos


Alguns dos personagens menos conhecidos da editora a chegarem aos cinemas estreiam nesta quinta-feira (4), mas foram criados por um dos maiores artistas das HQs nos anos 1970. Quando o novo filme da Marvel, “Eternos”, estrear nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (4), a Marvel adiciona a seu Universo Cinematográfico um time com dez heróis.
G1 já viu: Em ‘Eternos’, Chloé Zhao faz o filme mais bonito e autoral da Marvel
Se o elenco traz nomes conhecidos como Angelina Jolie (“Malévola”) e Salma Hayek (“Frida”), os personagens em si podem confundir até quem é leitor dos quadrinhos.
Afinal, se tratam de algumas das criações menos conhecidas da editora — superando até mesmo seu mais recente protagonista, Shang-Chi.
Por isso o g1 preparou um rápido guia para quem quer chegar aos cinemas um pouco menos perdido.
Quem são os Eternos?
Os Eternos de Jack Kirby
Divulgação
Os Eternos são uma raça de seres quase divinos criados por deuses cósmicos gigantescos, os Celestiais. Surgidos no ainda no início da vida no universo da Marvel, imortais e super poderosos, eles foram enviados à Terra para proteger os humanos de espécie destruidora, os Deviantes.
Na quadrinhos, eles foram criados por um dos maiores nomes das HQs, Jack Kirby, ainda nos 1970.
Depois de participar da criação de personagens importantes da Marvel, como Capitão América, Thor e o Homem de Ferro, o ilustrador e escritor passou alguns anos na sua principal concorrente, a DC Comics.
Lá, foi responsável por uma outra raça de seres divinos, os Novos Deuses, mas retornou à empresa após o cancelamento da série.
Na Marvel, Kirby continuou a explorar os conflitos entre deuses em sua nova criação, “Os Eternos”, publicados pela primeira vez em série própria em 1976.
Assista ao trailer de ‘Eternos’
Com publicações intermitentes ao longo dos anos, sua existência é interligada com a mitologia inteira dos quadrinhos da editora, mas os personagens mesmo tiveram poucos papéis de destaque na linha do tempo principal.
Uma exceção é Thanos, membro dos Eternos que acabou virando um dos principais vilões das HQs e dos cinemas.
Em uma das últimas minisséries próprias, foram escritos por Neil Gaiman e desenhados por John Romita Jr. entre 2006 e 2007.
A equipe principal dos Eternos contou com diversos integrantes. O filme de Chloé Zhao (“Nomadland”) apresenta dez deles.
Ajak
Ajak nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Salma Hayek
Divulgação
Nos quadrinhos, Ajak tem o cargo de manter as comunicações entre Eternos e Celestiais. Ao longo dos milênios, participou ativamente de momentos marcantes na Babilônia, na Grécia (onde era conhecido como Ajax), e chegou a assumir a identidade de deuses incas e astecas.
Já no filme ele se tornou uma mulher, interpretado por Salma Hayek. Com a habilidade de se comunicar com os Celestiais, assumiu o papel de líder dos enviados à Terra, e apresenta grande poder de cura.
Ikaris
Ikaris nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Richard Madden
Divulgação
Como um dos líderes dos Eternos, Ikaris é considerado o mais poderoso deles. Com habilidade de voar e de emitir raios de energias dos olhos e das mãos, ele também tem habilidades psíquicas.
A versão interpretada por Richard Madden (“Game of thrones”) não é o líder, mas ainda é considerado um dos mais fortes. No filme, ele cria uma forte relação com Sersi.
Sersi
Sersi nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretada por Gemma Chan
Divulgação
Com poderes de manipulação molecular e atômica, Sersi é uma dos Eternos que mais deseja viver entre os humanos. Talvez por isso, tenha se envolvido tanto com a história da humanidade, chegando a ser mencionada na “Odisseia”, de Homero. Ela também chegou a fazer parte da equipe dos Vingadores, e se envolveu com o herói Cavaleiro Negro.
No filme, ela é vivida por Gemma Chan (“Podres de ricos”), em sua segunda participação na Marvel após interpretar Minn-Erva em “Capitã Marvel” (2019).
Duende
Duende nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretada por Lia McHugh
Divulgação
Duende é outro Eterno que mudou de gênero entre os quadrinhos e o filme. Além dos poderes inerentes à sua espécie, ele focou suas habilidades na projeção de ilusões realistas.
Outra grande diferença é que originalmente ele pode mudar de forma e aparência, mas mantém sempre uma mentalidade adolescente. Já nos cinemas, interpretada por Lia McHugh (“O chalé”), a Duende sofre por estar presa em um corpo jovem, apesar da maturidade de alguém milenar.
Thena
Thena nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretada por Angelina Jolie
Divulgação
Como o nome já deixa claro, Thena tem ligação direta com a deusa Atena. Nos quadrinhos, a conexão é tão forte que ela se tornou o símbolo da relação entre Eternos e os deuses gregos ao assumir o papel da divindade na Terra (é complicado).
No filme, interpretada por Angelina Jolie, ela é uma das melhores guerreiras da equipe e tem o poder de criar armas com a mente, além de buscar vingança contra o líder do Deviantes (com quem teve uma relação nas HQs).
Phastos
Phastos nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Bryan Tyree Henry
Divulgação
Outro Eternos com clara inspiração na mitologia grega, Phastos é o responsável pelas invenções e pela tecnologia da equipe.
No filme, vivido por Bryan Tyree Henry (“Atlanta”), ele mantém grande parte de sua personalidade inventiva e pacifista, e ajuda a humanidade a evoluir (às vezes um pouco lentamente demais para seu gosto, é verdade). Ele também se torna o primeiro herói gay do universo cinematográfico da Marvel — uma mudança em relação aos quadrinhos, já que em um arco de histórias ele teve uma esposa.
Makkari
Makkari nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretada por Lauren Ridloff
Divulgação
Mais um Eterno que mudou de gênero na adaptação, Makkari também a primeira heroína surda dos filmes do estúdio, interpretada por Lauren Ridloff (“The Walking Dead”).
Apesar de chegar a assumir identidade feminina nas HQs, Makkari foi apresentado como uma pessoa com audição. Mesmo assim, a personagem mantém sua principal característica, a de ser o Eterno mais rápido do universo.
Kingo
Kingo nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Kumail Nanjiani
Divulgação
Ao longo dos anos, o Eterno Kingo se envolveu tanto com a humanidade que se acabou se tornando um astro do cinema. A maior diferença na adaptação é que ele saiu do Japão nos quadrinhos para se tornar uma estrela de Bollywood, a indústria indiana.
Interpretado por Kumail Nanjiani (“Silicon Valey”), ele troca as espadas samurais por disparos de projéteis de energia com as mãos.
Gilgamesh
Gilgamesh nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Ma Dong-seok
Divulgação
Conhecido como “o Esquecido”, Gilgamesh foi confundido com heróis como Sansão e Hércules graças à sua força tremenda.
Outro Eterno que chegou a se juntar aos Vingadores, no filme ele é interpretado por Ma Dong-seok (“Invasão Zumbi”).
Druig
Druig nos quadrinhos e na versão de ‘Eternos’, interpretado por Barry Keoghan
Divulgação
Buscando poder a qualquer custo, Druig é um dos menos queridos entre os Eternos, algo que o levou a bater de frente com Ikaris algumas vezes.
No filme, interpretado por Barry Keoghan (“Dunkirk”) ele troca sua capacidade de manipular a realidade pelo poder de controlar mentalmente outros seres vivos