Estado não paga conta e escolas em Carmo do Cajuru podem ficar sem água


Saae confirma atraso e diz que notificou o governo. Secretaria Estadual de Educação informou que aguarda recursos. Governo não paga a conta de água das escolas estaduais há oito meses
SRE/Divulgação
O Governo de Minas tem até o dia 8 de abril para quitar o débito referente às contas de água das seis escolas estaduais de Carmo do Cajuru. A notificação com o prazo foi feita pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) à Secretaria de Estado de Educação (SEE). Há oito meses as contas não são pagas, segundo o Saae. A secretaria informou que aguarda recursos para regularizar a dívida.
De acordo com a diretora executiva do Saae, Gleice Nascimento, a notificação informa ainda que se o pagamento não for realizado até a data estipulada, o fornecimento de água nas escolas estaduais da cidade será suspenso.
“Entramos em negociação e o fornecimento ainda será mantido porque a Superintendência de Educação informou que a dívida será paga. Parcelada, mas será paga”, informou, dizendo ainda que o fornecimento de água para as escolas segue normalizado.
Pedido feito
A Secretaria de Estado de Educação informou ao G1 que o pedido de regularização das contas de água das escolas estaduais do município de Carmo do Cajuru foram encaminhados para a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) e aguarda disponibilização do recurso para quitar os débitos.
“A SEE esclarece que o pagamento de contas de água, assim como de energia, é feito de forma centralizada pela secretaria e não com os recursos repassados para a escola. Diante das dificuldades orçamentárias enfrentadas pelo Estado, em função da crise financeira, o Governo de Minas Gerais tem mobilizado todos os esforços para honrar seus compromissos e realizar os repasses financeiros necessários o mais breve possível”, informou a nota.
A Secretaria de Estado de Fazenda não informou prazo para liberação de recursos. O G1 questionou o valor da dívida, mas não foi informado.

Powered by WPeMatico