Enem 2021: índice de abstenção no DF fica em 24,3% no primeiro dia de prova


Taxa é menor que média nacional, de 26%. Na avaliação digital, 49,4% dos inscritos faltaram. Enem 2021: Estudante carrega caderno de prova do primeiro dia do exame
Érico Andrade/g1
O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 teve índice de abstenção de 24,3% no Distrito Federal. A avaliação, que teve 61,4 mil inscritos, ocorreu neste domingo (21), segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Em relação à modalidade digital, quase metade dos inscritos não compareceu. De acordo com o Inep, o índice de abstenção foi de 49,4%.
Ao todo, o Enem 2021, modelo impresso e digital, teve 199 locais de prova no Distrito Federal e foi realizado em 3.678 salas.
LEIA TAMBÉM:
ENEM 2021: tema da redação é ‘invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil’
AVALIAÇÃO: primeiro dia de prova teve chuva no DF; veja como foi
No primeiro dia de prova da edição passada, no Enem 2020, o índice de abstenção no Distrito Federal foi de 51,2%. Ao todo, 57.921 mil dos 113.177 mil inscritos faltaram no ano passado.
No próximo domingo (28), ocorre o segundo dia do Enem 2021. A prova será focada em ciências da natureza e suas tecnologias, além de outras 45 questões de matemáticas e suas tecnologias.
Abstenção no país
‘Um sucesso’, diz ministro da Educação sobre primeiro dia de prova do Enem
O índice de abstenção no Distrito Federal foi menor do que a média nacional, de 26%. O índice de abstenção é menor do que o registrado em 2020, de 51,5%.
Segundo o Inep, a taxa de candidatos que não compareceram ao Enem 2021 foi maior entre aqueles que optaram pela prova digital: 46,1% de abstenção, contra 25,5% que deixaram de fazer a prova impressa.
Já, entre as unidades da federação, o Amazonas se destaca com o maior número de desistências neste primeiro dia de prova, 40,6%, seguido por Roraima: 32,4%, considerado apenas a prova impressa.
Abstenção por estado – Prova impressa, 1º domingo
“O Enem foi um sucesso, 24% [na verdade, 26%] de abstenção ainda na pandemia, é um número significativo. Sem o Enem, uma série de passos da educação brasileira sofreria um atraso”, disse o ministro da Educação, Milton Ribeiro.
Com abstenção menor, o número de pessoas que fizeram a 1º prova impressa em 2021 é maior que o de 2020, mesmo com um número de inscritos menor (5,8 milhões ante 4 milhões):
Fizeram a 1ª prova impressa do Enem 2020: 2.680.697
Fizeram a 1ª prova impressa do Enem 2021: 3.040.907
Fizeram a 1ª prova digital do Enem 2020: 29.703
Fizeram a 1ª prova digital do Enem 2021: 68.893
Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.