Enem 2020 tem perguntas sobre história antiga, governo FHC, Aristóteles e escravização de chineses


Tema da redação é ‘O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira’. Primeiro domingo de prova tem também 45 questões de linguagens e 45 de ciências humanas. Enem 2020, em Curitiba
Giuliano Gomes/PR Press
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 trouxe, neste domingo (17), questões sobre escravização de chineses, Insurreição Pernambucana, independência dos Estados Unidos, Revolução Francesa e reformas macroeconômicas no governo de Fernando Henrique Cardoso, segundo professores do cursinho Descomplica que fizeram a prova.
A partir das 15h30, os candidatos podem sair das salas, mas sem o caderno de questões. A avaliação vai até as 19h.
João Daniel, docente de história do Descomplica, afirma que se surpreendeu com o baixíssimo número de questões sobre a Idade Contemporânea. “Parece que fugiram do século XX. Não houve nenhuma pergunta sobre Getúlio Vargas ou regime militar, por exemplo. Muito pouco também de história mundial recente: uma prova sem questões de Guerra Mundial, Guerra Fria ou colonialismo contemporâneo”, diz.
As exceções foram uma pergunta sobre a economia no governo de Fernando Henrique Cardoso e uma que comparava a escravização de chineses com a de africanos.
Alguns dos autores citados foram Aristóleles, na prova de ciências humanas, e Montaigne, em uma questão sobre o gênero “ensaio”.
Estrutura da prova
Redação;
45 questões de linguagens;
45 questões de ciências humanas.
Tema da redação
O tema da redação do Enem 2020 é ‘O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira’. Leia a análise de professores.
Enem realiza neste domingo maior prova do país no pior momento da pandemia
Candidatos são avisados de lotação de sala e impedidos de fazerem a prova
Quase 5 mil candidatos pedem para fazer reaplicação por estarem com Covid
As redações são avaliadas de acordo com cinco competências, segundo o Inep. A nota pode chegar a 1.000 pontos, mas há critérios que podem zerar a redação, como fugir do tema, escrever menos de sete linhas, entre outros.
Em 2019, o tema foi ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’ (veja a lista com todos os temas abaixo).
Lista de todos os temas de redação do Enem
1998: Viver e aprender
1999: Cidadania e participação social
2000: Direitos da criança e do adolescente: como enfrentar esse desafio nacional
2001: Desenvolvimento e preservação ambiental: como conciliar os interesses em conflito?
2002: O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?
2003: A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo
2004: Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação
2005: O trabalho infantil na sociedade brasileira
2006: O poder de transformação da leitura
2007: O desafio de se conviver com as diferenças
2008: Como preservar a floresta Amazônica: suspender imediatamente o desmatamento; dar incentivo financeiros a proprietários que deixarem de desmatar; ou aumentar a fiscalização e aplicar multas a quem desmatar
2009: O indivíduo frente à ética nacional
2010: O trabalho na construção da dignidade humana
2011: Viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado
2012: Movimento imigratório para o Brasil no século 21
2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
2014: Publicidade infantil em questão no Brasil
2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira
2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil
2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
2019: ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’
VÍDEOS: saiba tudo sobre o Enem 2020