Enem 2020 mobiliza 48,3 mil estudantes na região de Ribeirão Preto neste domingo, 17


Adiado para este ano por causa da pandemia, Exame Nacional do Ensino Médio terá provas em escolas de 19 cidades. Entidades pediram novo adiamento, mas Justiça deu autonomia aos municípios. Unaerp, um dos locais de realização do Enem em foto tirada em 2019, antes da pandemia
Larissa Cuter/EPTV
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deve mobilizar 48.349 estudantes em 19 cidades da região de Ribeirão Preto (SP) neste domingo (17) e no próximo (24) em meio a restrições sanitárias e uma alta de casos da Covid-19.
Além de Ribeirão Preto e Franca (SP), que concentram aproximadamente a metade dos inscritos na região, cidades como Barretos (SP), Bebedouro (SP) e Jaboticabal (SP) também terão candidatos. Os portões serão abertos às 11h30 e serão fechados às 13h. a prova está prevista para começar às 13h30.
Enem realiza neste domingo maior prova do país no pior momento da pandemia
Neste domingo, o exame terá como tema Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias, com 45 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação, história, geografia, filosofia e sociologia.
No dia 24, os temas abordados serão Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com perguntas sobre química, física, biologia e matemática.
Veja o número de inscritos em cada um dos municípios da região de Ribeirão Preto:
Barretos: 2.915 inscritos
Barrinha: 660 inscritos
Batatais: 1.697 inscritos
Bebedouro: 1.837 inscritos
Cajuru: 519 inscritos
Franca: 8.063 inscritos
Guaíra: 771 inscritos
Ituverava: 2.136 inscritos
Jaboticabal: 2.326 inscritos
Monte Alto: 936 inscritos
Orlândia: 1.506 inscritos
Pitangueiras: 577 inscritos
Pontal: 812 inscritos
Ribeirão Preto: 16.250 inscritos
Santa Rosa de Viterbo: 892 inscritos
Serrana: 926 inscritos
Sertãozinho: 3.130 inscritos
São Joaquim da Barra: 1.455 inscritos
Taquaritinga: 941 inscritos
O que levar
Obrigatório: Caneta preta confeccionada em material transparente
Obrigatório: Documento de identificação original com foto, podendo ser identidade, carteira de registro nacional migratório, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte e carteira de motorista (CNH)
Obrigatório: Máscara de proteção cobrindo nariz e boca
Caso o documento tenha sido roubado ou furtado antes do exame, o candidato deverá apresentar o boletim de ocorrência expedido por um órgão policial há, no máximo, 90 dias.
Adiamento
Originalmente, o exame seria feito em novembro, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.
Entidades estudantes e a Defensoria Pública solicitaram um novo adiamento das provas, mas a Justiça negou o pedido e deu autonomia às cidades para decidir como proceder em relação ao exame.
Especialistas consultados pelo G1 divergem em relação à realização das provas durante a pandemia. Infectologistas dizem que o risco de transmissão é maior no transporte público e nos portões, na entrada das escolas, do que dentro das salas de prova.
Veja os locais de prova
Como se proteger da Covid-19 no Enem?
O que pode ser feito para melhorar o autocontrole antes da prova
APLICATIVO G1 ENEM: Baixe o app com jogos de perguntas e respostas sobre o Enem
Proteção e remarcação de provas
O uso de máscaras faciais será obrigatório durante toda a aplicação do exame, que terá 14 mil locais de prova e 205 mil salas em todo o país. Quem estiver com Covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas nos dias de realização do Enem poderá participar da reaplicação das provas em 23 e 24 de fevereiro de 2021.
Para pedir a reaplicação, os candidatos deverão comunicar a condição de saúde por meio da Página do Participante antes da aplicação do exame.
Além da Covid, são consideradas doenças infectocontagiosas para pedir a reaplicação: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, e varicela.
Os participantes que apresentarem sintomas na véspera ou no dia da prova não deverão comparecer ao exame.
Nesse caso, além de registrar o ocorrido na Página do Participante, o inscrito deverá entrar em contato com a Central de Atendimento do Inep (0800 616161) e relatar o caso, a fim de agilizar a análise do laudo pela autarquia. A aprovação ou a reprovação da solicitação de reaplicação deverá ser consultada, também, na Página do Participante.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Initial plugin text