Enel Distribuição São Paulo reverte prejuízo e lucra R$ 69 milhões no 1° trimestre

Faturamento da antiga Eletropaulo teve alta de 8,3% e somou R$ 3,46 bilhões. A distribuidora de energia Enel Distribuição São Paulo (ex-Eletropaulo) reportou um lucro líquido de R$ 69 milhões no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, informou a companhia em resultados divulgados na noite de quarta-feira (25).
A elétrica, controlada pela italiana Enel desde meados do ano passado, teve um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 99 milhões, alta de 18,4% na comparação anual.
A empresa, responsável pelo fornecimento na região metropolitana de São Paulo, com 7,24 milhões de unidades consumidoras, teve receita líquida de R$ 3,46 bilhões, alta de 8,3% frente ao primeiro trimestre de 2018.
A Enel SP disse que registrou aumento de mercado de 4,4% no trimestre, frente a um ano antes, com expansão de 5,3% no mercado cativo, principalmente devido a maiores temperaturas, que elevam o consumo de energia.
A companhia destacou ainda que indicadores que medem duração e frequência nas interrupções no serviço (DEC e FEC) “registraram expressiva melhora”, com reduções de 18,2% e 17,3% ano a ano, respectivamente.
Com isso, o FEC ficou dentro dos patamares regulatórios globais definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para 2019. Já o DEC “foi impactado pelo grande volume de chuvas no verão de 2018/19”, afirmou a elétrica.