Empresa cria primeiro drone militar equipado com metralhadora

Songa pode fazer até 15 disparos de uma só vez

Songa pode fazer até 15 disparos de uma só vez
Reprodução YouTube/ Asisguard

A empresa turca Asisguard desenvolveu o primeiro drone equipado com uma metralhadora automática. Outros modelos projetados para guerra podem lançar ou detonar explosivos, mas não atiram com uma arma de fogo.

O Songa pesa 25 quilos e é mantido no ar por oito hélice. Seu motor elétrico pode voar a até 2,5 quilômetros de altura e percorrer um trajeto de até 10 quilômetros sem perder o contato com o ponto de controle.

A arma instalada no drone pode ser carregada com até 200 projéteis e fazer 15 disparos de uma só vez. Segundo a fabricante, o equipamento militar consegue atingir um alvo de até 15 centímetros a uma distância de 200 metros.

Um dos desafios do projeto é manter a estabilidade do drone e a precisão dos ataques a cada disparo. Para resolver essa questão, câmeras e sensores corrigem no ar e a direção do ataque ainda em voo.

A próxima versão do Songa deverá ser ter uma mira mais precisa do que o modelo atual. A Asisguard pretende que alvos a mais de 400 metros de distância sejam atingidos.

Leia também:

Caminhão autônomo cruza todo os EUA e percorre mais de 4.500 Km