Em meio a processo, Disney afirma que ‘Viúva Negra’ ajudou a arrecadar US$125 milhões em receitas online


Declaração foi feita três semanas após empresa ser processada pela estrela do longa Scarlett Johansson. Atriz alega violação de contrato por filme ficar disponível em streaming ao mesmo tempo em que passava nos cinemas. Scarlett Johansson em cena de ‘Viúva Negra’
Divulgação
A Walt Disney argumentou em meio a processo judicial na última sexta-feira (20) que arrecadou US$ 125 milhões (cerca de R$ 668,8 milhões) em receitas online com o filme de super-herói da Marvel “Viúva Negra”.
A declaração foi feita três semanas depois de a empresa ser processada pela estrela do longa-metragem Scarlett Johansson.
A atriz processou a Disney no mês passado, alegando que a empresa violou o contrato ao oferecer o filme em streaming ao mesmo tempo em que passava nos cinemas.
A multinacional de entretenimento rebateu o pedido de Johansson por um julgamento civil em Los Angeles, requisitando que o processo fosse enviado para arbitragem em Nova York.
O processo de Johansson, apresentado no Tribunal Superior de Los Angeles, argumentou que a estratégia de liberação dupla de “Viúva Negra” havia reduzido sua remuneração.
A Disney rebateu dizendo que “não havia mérito” no processo, acrescentando que o lançamento online do filme “aumentou significativamente a capacidade dela (Johansson) de ganhar uma remuneração adicional além dos US$ 20 milhões (cerca de R$ 107 milhões) que ela recebeu até o momento”.
O resultado do processo pode ter desdobramentos maiores na indústria do entretenimento, à medida que as empresas de mídia tentam construir seus serviços de streaming oferecendo programação premium na atração de assinantes.
‘Viúva Negra’ é ótimo filme tardio da heroína com foco em família e espionagem; G1 já viu
David Harbour e diretora Cate Shortland falam sobre ‘Viúva Negra’