Elon Musk participa do ‘Saturday Night Live’ e diz que tem síndrome de Asperger


No programa, bilionário fez piadas sobre si mesmo e falou sobre polêmicas: ‘Reinventei os carros elétricos e estou enviando pessoas a Marte. Vocês acharam que eu seria um cara normal?’ lon Musk, presidente da Tesla e da SpaceX
Reuters
Ao aparecer como convidado no programa americano “Saturday Night Live”, Elon Musk, presidente da Tesla e da SpaceX, revelou que tem síndrome de Asperger, um tipo de autismo.
Em seu monólogo de abertura do programa, o bilionário disse que foi a primeira pessoa com essa síndrome a ser convidada para a atração. “Ou pelo menos a primeira a admitir”, afirmou.
“Sei que disse ou postei coisas estranhas, mas é assim que meu cérebro funciona. Para qualquer pessoa que ofendi, só quero dizer: reinventei os carros elétricos e estou enviando pessoas a Marte em um foguete”, declarou. “Vocês acharam que eu seria um cara normal e relaxado?”
Nas redes sociais, Musk já recebeu críticas por alguns de seus comentários, como quando insultou um mergulhador que ajudou no resgate de um grupo de crianças presas em uma caverna na Tailândia.
Criptomoedas
No “SNL”, o empresário fez piadas sobre si mesmo, seus tuítes e o nome incomum de seu filho X Æ A-Xii. Ele também elogiou as criptomoedas (meios de troca para transações virtuais). Musk tem mostrado entusiasmo, principalmente, em relação à dogecoin.
Pressionado a explicar o potencial dessa criptomoeda, o bilionário fez piada e a descreveu como “um veículo imparável, que vai dominar o mundo”.
Assim, pela segunda vez na semana, Musk fez variar o preço da dogecoin, que caiu para 49 centavos de dólar durante a transmissão do programa, quando pouco antes estava a 74 centavos, de acordo com o site especializado em criptomoedas CoinDesk.