Elizabeth Olsen, estrela de ‘WandaVision’, usa vestido feito pelas irmãs Mary-Kate e Ashley no Emmy


De cor creme, ele tinha mangas esvoaçantes e um decote em V e foi assinado pela grife das gêmeas. ‘Wandavision’ saiu do Emmy sem prêmios. Elizabeth Olsen chega ao Emmy 2021
Rich Fury/Getty Images North America/Getty Images via AFP
Elizabeth Olsen chegou ao tapete vermelho do Emmy 2021 com um vestido elegante e especial: foi desenhado pelas irmãs da atriz, as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen.
Emmy 2021: Veja vencedores
Veja fotos da premiação
De cor creme, ele tinha mangas esvoaçantes e um decote em V e foi assinado pela grife de Mary-Kate e Ashley, The Row, fundada em 2006.
Elizabeth Olsen é a estrela da série “WandaVision” e concorria à categoria de melhor atriz em minissérie ou filme para TV, mas perdeu para Kate Winslet (“Mare of Easttown”).
A série deheróis foi uma das grandes esnobadas da noite e perdeu em todas as categorias em que concorria: melhor minissérie, melhor ator em minissérie (Paul Bettany), melhor atriz em minissérie (Elizabeth Olsen), melhor atriz coadjuvante em minissérie (Kathryn Hahn), melhor direção em minissérie e melhor roteiro em minissérie.
G1 já viu: ‘WandaVision’
Elizabeth Olsen e Paul Bettany em cena de ‘WandaVision’
Divulgação
“WandaVision” é a primeira série estrelada pelos heróis dos filmes da Marvel. Estrelada pelo casal Wanda Maximoff e Visão, a produção é a maior ruptura da forma de contar histórias do estúdio até o momento – e um começo promissor que pode levar as adaptações dos quadrinhos a novos públicos.
A série até pode ser estrelada por super-heróis dos quadrinhos e cinema, mas está longe de parecer pertencer ao gênero.
Ignorando o fim trágico do sintozóide (humano sintético) em “Vingadores: Guerra Infinita” (2018), a história começa com a mudança do casal para um típico subúrbio americano, tirado direto de uma comédia da TV dos anos 1950 ou 1960. Casa grande, gramado com arbustos bem cuidados e até fotografia em preto e branco.
Tudo lembra uma produção da época. Do figurino ao humor físico com direito a risadas nas gravações, “WandaVision” seria apenas uma ótima homenagem a programas no estilo “I love Lucy” – não fosse pela constante sensação de que há algo de errado entre tanta perfeição.