Elba Ramalho faz ‘Elegia’ em álbum da banda Caravellus, em outra incursão pelo universo do metal


Artista também participa de ‘Vera Cruz’, ainda inédito disco solo do cantor Edu Falaschi. ♪ Um mês após ter tido anunciada a participação em ainda inédito álbum solo do cantor Edu Falaschi, Vera Cruz, Elba Ramalho faz outra incursão pelo universo do heavy metal. A cantora paraibana integra o time de convidados do terceiro álbum de estúdio da banda recifense Caravellus, Inter mundos, disco conceitual previsto para ser lançado neste primeiro semestre de 2021 no Brasil e na Itália.
O convite para a participação havia sido feito à artista há cerca de um ano, durante o processo de composição do repertório do álbum Inter mundos, mas Elba pôs voz na música Elegia somente no início deste ano de 2021.
A cantora interpreta música de autoria de Glauber Oliveira, guitarrista que integra a banda Caravellus com Daniel Felix (teclados), Leandro Caçoilo (voz), Maurílio Vizin (baixo) e Rafael Ferreira (bateria).
Capa do álbum ‘Inter mundos’, da banda Caravellus
Arte de Marcus Ravelli
Ao participar de Elegia, Elba personifica no disco uma personagem do enredo criado por Glauber Oliveira – com influência do Movimento Armorial – e ambientado no sertão nordestino em fusão da música do nordeste do Brasil com o universo do heavy metal.
Por vir de outro mundo musical, o nome de Elba Ramalho se destaca no time de convidados da banda Caravellus para participar do álbum Inter mundos.
Além de Elba, o disco traz colaborações das cantoras Daísa Munhoz (vocalista de bandas como Soulspell e Vandroya) e Daniela Serafim e dos músicos Derek Sherinian (tecladista do grupo Sons of Apollo que tocou com o Dream Theater), Felipe Andreoli (baixista da banda Angra) e John Macaluso (baterista norte-americano).