Eduardo Costa fala sobre live cancelada: ‘Estão mais preocupados em ver defeitos do que o bem que fazemos’


Ao G1, cantor sertanejo diz estar cansado de ser julgado: ‘As pessoas me conhecem, sabe que muitas vezes me excedo nos palavrões, mas isso não dá o direito de te massacrarem’. Em live com Leonardo, Eduardo Costa se ajoelha, pede perdão por ter falado de política e reconhece erros: ‘Sei que me excedi’ Goiás
Reprodução/Youtube
Após as críticas que recebeu depois da exibição da live Cabaré, em parceria com Leonardo, na sexta-feira (1), Eduardo Costa usou suas redes sociais para falar sobre o assunto. Em um vídeo publicado no Instagram, o cantor chorou, disse que ia parar a carreira musical e anunciou o cancelamento de sua live prevista para 15 de maio.
Depois das declarações, Eduardo explicou ao G1 sua decisão:
“Cancelei porque as pessoas estão mais preocupadas em ver defeitos a ver o bem que fazemos. As pessoas me conhecem, sabe que muitas vezes me excedo nos palavrões, mas isso não dá o direito de te massacrarem. Estou cansado disso tudo”.
Sobre a decisão de parar a carreira musical, a assessoria do cantor respondeu que “ele não vai parar”.
Declaração polêmica
Durante o vídeo em que aparece aos prantos, Eduardo também se desculpou com a cantora Thaeme. Na exibição do show online, Eduardo se confundiu dizendo que a cantora deu à luz um menino [Thaeme é mãe de Liz, de 1 ano] e elogiou a beleza da criança, fazendo um comentário bastante polêmico.
“Me leva ver o seu menino, que aí fico olhando pro menino e consigo dar uma trepada, eu lembro do menino, aí eu fico lá trepando e lembrando do seu menino: ‘Ô menino bonito’. Aí faço um igual’”.
No vídeo postado na rede social, Eduardo então explicou que fez o comentário querendo dizer que, ao pensar na criança, se inspiraria para ter um bebê lindo também.
“Se a Thaeme tiver me vendo, por favor, me perdoa, Deus sabe que eu jamais faria isso”. Nas redes sociais, Thaeme disse que conversou com Eduardo por telefone e que está tudo bem entre eles.
Pedido de desculpas por falas sobre política
Em dado momento da live “Cabaré”, Eduardo Costa também se ajoelhou e pediu perdão por ter falado diversas vezes sobre política no passado. O cantor disse que foi mal interpretado, mas reconheceu que errou em alguns momentos, que se excedeu e afirmou que está “profundamente arrependido”.
“Em algum momento da minha vida eu falei de política, fui um cara polêmico e muitas pessoas me jogaram pedra. Eu tentei ter boa intenção e fui mal interpretado. Quero pedir perdão a todas as pessoas que me interpretaram mal”, afirmou.
“Sei que as vezes eu me excedi em alguns momentos porque quando a gente quer ajudar e a gente tem boa intenção, às vezes a gente ultrapassa os limites. Eu ultrapassei e quero pedir perdão”, completou.