Dupla tem caminhão roubado e são feitos reféns por mais de quatro horas em RO


Para ameaçar a dupla, foram usadas duas armas de fogo. Vítimas foram abordados quando pararam o caminhão para ajudar uma mulher de vestido curto. Dois homens foram rendidos por três suspeitos na madrugada de terça-feira (27), quando estavam na altura do quilômetro 10, saindo da BR-364 sentido Rolim de Moura (RO), município a 402 quilômetros de Porto Velho.
Durante a ação criminosa, as vítimas foram mantidas reféns durante quatro horas e tiveram um caminhão roubado. Para ameaçar a dupla, foram usadas duas armas de fogo. Até o momento ninguém foi preso pelo crime.
Delegacia de Cacoal, RO
Magda Oliveira/G1
Uma das vítimas contou aos policiais civis que estavam de caminhão seguiam de Buritis (RO) sentido Rolim de Moura, quando avistaram um veículo parado no acostamento, com um pneu ao lado e uma mulher de vestido curto e aproximadamente uns 25 anos, pedindo ajuda.
Diante do pedido de ajuda, a dupla parou e quando desceram do veículo, três suspeitos saíram do mato, sendo dois com arma em punho, obrigando que ambos entrassem dentro do caminhão. Um dos suspeitos assumiu a direção do veículo e o outro sentou próximo a porta, passando a ameaçar as vítimas com a arma de fogo.
Após tomarem a direção do veículo, os suspeitos dirigiram com o caminhão até o trevo de Castanheiras (RO), em seguida, retornaram sentido BR-364. Quando faltava cerca de mil metros para chegarem a BR-364, pararam o caminhão e pediram que as vítimas descessem e entrassem na mata.
Após descerem do caminhão, as vítimas perceberam que estavam sendo acompanhados pelo carro que estava com a mulher no momento da abordagem inicial. Além da mulher, também havia um outro homem do carro. Depois que as vítimas desceram, o suspeito que havia assumido a direção fugiu levando o caminhão, que estava carregado com uma geladeira, fogão, cama e uma motocicleta.
As vítimas entraram no pasto e tiveram que andar cerca de 50 metros distantes da estrada, onde foram obrigadas a deitarem no chão. A todo momento, um dos homens que assumiu a função de vigia das vítimas, mandava que ficassem quietos ou iria matá-los. Naquele local, as vítimas permaneceram por cerca de quatro horas.
Passadas as quatro horas, o veículo da abordagem inicial retornou próximo ao local onde as vítimas estavam, para buscar o suspeito que havia ficado de vigia. Antes de fugir, o suspeito disse que as vítimas poderiam ficar tranquilos que o caminhão seria utilizado para transportar uma carga e em seguida seria abandonado em um posto.
Quando se certificaram que os criminosos realmente haviam fugido, as vítimas saíram do mato e conseguiram pegar carona até Cacoal, onde registraram a ocorrência de roubo na Delegacia de Polícia Civil, que investiga o caso. Até o momento ninguém foi preso e o veículo não foi recuperado.

Powered by WPeMatico