Douglas e Pabllo Vittar: por que toca ‘Zap zum’ quando o jogador faz ponto em Tóquio?


Sucesso na internet, jogador de vôlei é fã da cantora maranhense e DJ da arena de vôlei sabe disso. Austríaco incluiu música na playlist depois de ver redes sociais de Douglas. Douglas Souza é muito fã de Pabllo Vittar e vive colocando ‘Zap Zum’ nos bastidores das Olimpíadas de Tóquio; música foi tocada durante jogo por DJ austríaco
Angela Weiss/AFP; Ernna Cost/Divulgação
Quando Douglas Souza marcou um ponto contra os russos na manhã desta quarta-feira (28), “Zap Zum” começou a tocar na arena de vôlei nas Olímpiadas de Tóquio. Veja vídeo abaixo.
A música gravada por Pabllo Vittar funciona quase como um aplauso ou um grito de incentivo da torcida brasileira para o jogador no estádio vazio, mas o responsável por isso vem da Áustria.
DJ Stari acompanha o vôlei há quase 20 anos e estuda os gostos musicais dos atletas para selecionar o que vai tocar nos jogos.
Initial plugin text
Além da performance na quadra, Douglas virou um fenômeno nas redes sociais no começo dos Jogos Olímpicos e a versão de “Zap Zum”, de Pabllo Vittar, é uma das músicas que o jogador mais posta nos bastidores.
Foi por isso que o DJ não só colocou a música no repertório do jogo, como tocou na hora do ponto de Douglas.
“Zap Zum” é um sucesso da banda Companhia do Calypso, do começo dos anos 2000, e ganhou uma releitura no novo álbum de Pabllo, “Batidão Tropical”.
A cantora chegou a postar um clipe curto com a legenda “Hino das Olimpíadas 2021” e escreveu “Te dedico @DouglasSouza” nas redes sociais.
O movimento iniciado com Douglas nas Olímpiadas fez o desempenho da música melhorar no streaming. Ela voltou a aparecer entre as 200 mais ouvidas do Brasil nesta terça-feira (28), na posição 185º.
Animação na quadra
DJ Stari, responsável pela trilha sonora em jogos de vôlei nas Olimpíadas de Tóquio
Arquivo pessoal/Facebook
Além de Pabllo, o DJ austríaco também já tocou Wesley Safadão, Barões da Pisadinha e outros artistas brasileiros durante os jogos da Seleção.
Ele afirmou, em entrevista ao G1, que monta a lista das músicas que vai tocar a partir de pesquisas sobre os hits dos países que participam de cada jogo.
Além disso, o europeu conta que atende aos pedidos dos atletas e que aprende os gostos de cada um pelas redes sociais.
“Sei que o Douglas é fã de ‘Zap Zum Zum’, e vi que seria legal tocar no jogo”, disse o DJ Stari.
Pabllo Vittar lança ‘Batidão Tropical’, álbum dedicado ao forró e tecnobrega