Dólar sobe de olho em guerra comercial e Previdência

No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,93%, vendida a R$ 3,933. China diz que está pronta para guerra comercial com EUA
O dólar opera em alta nesta quinta-feira (9), com investidores de olho na disputa comercial entre Estados Unidos e China e no andamento da reforma da Previdência.
Às 9h10, a moeda norte-americana subia 0,7%, vendida a R$ 3,9600. Veja mais cotações.
No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,93%, vendida a R$ 3,933.
Guerra comercial
O Ministério do Comércio chinês disse nesta quinta que o país está totalmente preparado para defender seus interesses na guerra comercial com os Estados Unidos, mas espera que os EUA possam resolver os problemas através do diálogo em vez de medidas unilaterais.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu não voltar atrás na decisão de impor novas tarifas sobre importações chinesas. As tarifas sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses subirão de 10% para 25% nesta sexta-feira (10).
Os principais índices acionários da China recuaram nesta quinta-feira (9) para perto das mínimas em 11 semanas, em meio à intensificação das tensões comerciais.
Atuação do BC
O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.