Dólar opera em queda, à espera da CCJ que poderá votar reforma da Previdência

No dia anterior, a moeda norte-americana terminou o dia vendida a R$ 3,9017. CCJ volta a discutir a reforma da Previdência nesta quarta-feira (18)
O dólar opera em queda nesta quarta-feira (17), à espera da possível votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e após a reunião entre membros do governo e a Petrobras em que foi definido que a decisão sobre valor e momento de reajuste dos combustíveis é da estatal.
Às 9h37, a moeda norte-americana caía 0,15%, vendida a R$ 3,8957. Veja mais cotações.
Deputados a favor da reforma da Previdência Social passaram a tentar acelerar o debate sobre a proposta e antecipar a votação para até esta quarta na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.
Cabe à CCJ analisar se a proposta do governo Bolsonaro está de acordo com a Constituição. Se a chamada admissibilidade for aprovada, a reforma seguirá para uma comissão especial, responsável por analisar o mérito (conteúdo) do texto.
No cenário externo, investidores estão de olho em dados positivos da China que ajudavam a amenizar temores de desaceleração econômica.
O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 5,350 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de maio, no total de US$ 5,343 bilhões.
No dia anterior, a moeda norte-americana terminou o dia vendida a R$ 3,9017, com alta de 0,86%. Na máxima do dia, chegou a R$ 3,9077.