Dois policiais militares são mortos a tiros em Belém e Barcarena


Uma das vítimas estava de folga, em frente a sua casa. Outro PM foi morto atingido enquanto trabalhava, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante o atendimento. Sargento Renato Alves (esq.) e Cabo Dionísio (dir.) foram mortos a tiros em Barcarena e Belém, respectivamente.
Divulgação / Polícia Civil
Dois policiais militares foram mortos neste sábado (22) na capital e no município de Barcarena, nordeste do Pará. As vítimas foram atingidas por tiros e não resistiram aos ferimentos. O cabo Calros Italo da Silva Dionísio foi morto quando perseguia suspeitos no Conjunto Eduardo Angelim, no distrito de Icoaraci. Em Barcarena, o sargento Renato Alves estava de folga em um bar em frente a sua casa quando foi abordado por homens armados.
O crime em Belém aconteceu quando o cabo Dionísio fazia ronda de moto pelo conjunto, em Icoaraci, junto com a cabo Flávia. De acordo com as informações da Polícia Civil, os agentes se depararam com dois homens, cada um em uma moto, seguindo no sentido contrário, um deles foi reconhecido pelos PMs como foragido de Justiça. Quando reconhecido, o suspeito teria sacado uma arma disparado contra os policiais. A cabo Flávia foi atingida no colete e não se feriu.
O cabo Dionísio foi atingido com um tiro que atravessou o braço e se alojou no peito. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Icoaraci, onde morreu. Os suspeitos foram identificados e são procurados na área.
Já em Barcarena, o crime aconteceu no dia de folga do Sargento Renato Alves. A vítima estava com um grupo de amigos em um bar localizado em frente da sua casa. De acordo com as informações da Polícia Civil, dois homens chegaram em um carro no local e passaram a atirar apenas em Renato que morreu na hora. Um dos supeitos levou a arma do PM antes da em fuga.
Foram identificados três suspeitos. Durante a fuga, eles trombaram com uma viatura da Polícia Militar de Barcarena. Houve troca de tiros. Os suspeitos bateram o carro e saíram em fuga a pé para uma área de mata. Um deles foi atingido e morreu. A PM faz buscas na região.
Baleados
O fim de semana também registrou baleamentos. O sargento Ronaldo Leal da Polícia Militar foi baleado na perna no bairro da Sacramenta, em Belém. O policial teria tentado impedir um assalto dentro de um ônibus da linha Marex/Centro.
No bairro do Guamá, o cabo da Polícia Militar Alberto Barbosa da Silva foi baleado na sexta-feira (20), em Belém. O crime aconteceu na passagem Mucajás. De acordo com a Polícia, um suspeito de envolvimento com tráfico de drogas atirou contra o policial, que estava sentado em frente à casa onde mora.
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326