DJ Erick Morillo morre aos 49 anos em Miami


Ele foi um dos DJs mais populares de house music nos anos 1990 e fez o hit ‘I like to move it’. DJ enfrentava acusação de estupro e chegou a ser detido após teste de DNA positivo. DJ Erick Morillo em foto de abril de 2011
Michael Tullberg/Getty Images North America/Getty Images via AFP/Arquivo
O DJ Erick Morillo morreu nesta terça-feira (1), aos 49 anos, em Miami, nos EUA.
Segundo a revista “Billboard”, a polícia de Miami Beach estão investigando a morte após receberem uma chamada de emergência na manhã desta terça. Ainda não foram divulgadas informações sobre a causa da morte.
Morillo foi um dos DJs mais populares da cena de house music dos anos 90. Um dos seus maiores sucessos foi “I like to move it”, lançado sob o codinome Reel 2 Reel.
Em agosto de 2020, Morillo foi detido após um teste de DNA apontar que ele era culpado de uma acusação de estupro. O caso aconteceu em dezembro de 2019, em uma festa em Miami.
A vítima disse que ela e Morillo foram à casa dele depois da festa. Ela afirma que resistiu às suas tentativas de fazer sexo, e depois foi dormir em outro quarto na casa do DJ, mas acordou nua, com Morillo ao lado dela, também sem roupas.
Morillo tinha uma audiência do caso marcada para esta sexta-feira, 4 de setembro.
Durante a carreira, o DJ nascido em Nova Jersey teve problemas com vício em drogas, que admitiu em entrevistas recentes.
Semana Pop: O caso de Pedro Qualy e o risco das lives intermináveis