Detentos fazem rebelião em presídio de Bragança, no Pará

Desde as primeiras horas dessa segunda-feira (16), presos fazem uma rebelião no Centro de Recuperação Regional de Bragança (CRRB), no noroeste do Pará.

De acordo a Administração Penitenciária da Susipe (Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado), os detentos se rebelaram por volta das 6h15, durante a entrega do café da manhã. Nesse momento, eles teriam começado a depredar parte das celas do bloco carcerário. Os presos também queimaram colchões e subiram no telhado da unidade prisional.

Um dos presos das celas em que ficam detidos acusados de crimes sexuais, chamadas de seguro, chegou a ser feito de refém por outros detentos, mas foi liberado. Nenhum agente penitenciário foi tomado como refém.

Segundo a Administração Penitenciária da Susipe, o Grupo Tático Operacional da Polícia Militar está no local e deu início às investigações. Não há confirmação sobre eventuais fugas de presos até o momento.

Crise no sistema penitenciário

No dia 10 de abril, 21 presos e um agente penitenciário morreram durante uma tentativa de fuga do Centro de Recuperação Penitenciária do Pará III, em Santa Izabel, região metropolitana do Pará. A unidade prisional foi construída para oferecer 432 vagas, mas atualmente possui 660 detentos.

Após a tentativa de fuga de detentos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III, no Complexo Prisional de Santa Izabel, na região metropolitana de Belém, que deixou 22 mortos, uma nova onda de violência deixou 11 homicídios no Pará entre a noite da quinta-feira (12) e a manhã da sexta-feira (13).

Powered by WPeMatico