Dengue faz agentes de saúde reforçarem prevenção na zona rural de MG

Profissionais têm dificuldades de entrar nos imóveis, assim como acontece nas áreas urbanas. Dengue faz agentes de saúde reforçarem prevenção na zona rural de MG
A preocupação com a dengue tem feito agentes de saúde reforçarem a prevenção na zona rural de Minas Gerais. O estado é o segundo com mais casos de dengue, perdendo apenas para São Paulo. Já ´foram registrados mais de 289 mil neste ano, nove vezes mais do que em 2018.
Nas comunidades rurais, como o lixo é recolhido apenas uma vez por semana, os materiais que acumulam água acabam ficando expostos.
“Bebedouros de animais que não têm a limpeza semanal, caixas d’águas mal tampadas… (são) lugares propícios a proliferação do mosquito”, alerta Juliano Cunha, supervisor geral de controle de endemias.
Assim como na área urbana, agentes também tem dificuldades para entrar nos imóveis na zona rural. Sem um mandado judicial ou autorização do dono, eles não podem entrar em imóveis que estejam fechados.