Deco Romani reúne letras, melodias e amigos do samba em álbum que traz Moacyr Luz e Xande de Pilares


♪ Na foto de Gabriel Albertini exposta na capa do álbum Letras, melodias e amigos, Deco Romani aparece sentado na mesa de bar, encostado em parede na qual estão emoldurados quadros com fotos de Alcione, Martinho da Vila e Pixinguinha (1897 – 1973).
Essas referências situam o cantor, compositor e músico paulista – natural de Piracicaba (SP) – no mundo da música. Romani é do samba, preferência corroborada pelo extenso time de convidados de disco que justifica o gregário título Letras, melodias e amigos.
Moacyr Luz, Sereno, Prettos – dupla formada pelos bambas paulistanos Magnu Souzá e Maurílio de Oliveira – e Xande de Pilares sobressaem nesse escrete musical, sendo que Moacyr Luz e Xande de Pilares também são parceiros do compositor.
O álbum Letras, melodias e amigos apresenta 16 músicas autorais em 17 faixas, gravadas com arranjos confiados a maestro veteranos – como Rildo Hora, Mauro Diniz e Claudio Jorge – e talentos mais jovens, casos de Leandro Tigrão, Vitor Casagrande, Paulista, Saulo Ligo, Rafael Barros e Marquinhos Godoy.
Capa do álbum ‘Letras, melodias e amigos’, de Deco Romani
Gabriel Albertini
♪ Eis, na disposição das 16 músicas do disco, as 17 músicas e os respectivos parceiros e convidados de Deco Romani na criação e gravação do repertório autoral do álbum Letras, melodias e amigos :
1. A roda (Deco Romani e Wanderley Monteiro) – com Prettos
2. Foi só chamar de céu (Deco Romani e Xande de Pilares) – com Xande de Pilares
3. Dia d’iá (Deco Romani) – com Alexandre Marmita
4. Rasguei a etiqueta (Deco Romani e Alessandro Penezzi) – com Alessandro Penezzi
5. Bom pra nós (Deco Romani e Wanderley Monteiro) – com Toninho Geraes
6. Andares (Deco Romani e Wanderley Monteiro) – com Wanderley Monteiro
7. Sentença final (Deco Romani) – com Thadeu Campos e Xande Campos
8. Boca da noite (Deco Romani e Serginho Jabaquara) – com Juca Ferreira e Samuel Campos
9. Colabora (Deco Romani) – com Xô Segunda
10. Causa e efeito (Deco Romani e Chico Alves) – com Chico Alves
11. Isola na madeira (Deco Romani e Moacyr Luz) – com Moacyr Luz
12. Os deuses do samba guiam (Deco Romani e Leba) /
A cor de Deus (Deco Romani) – com João Martins e Buziga
13. Palco madrugada (Deco Romani) – com Sereno
14. O retrato que eu devia estar (Deco Romani e Tuco Pellegrino) – com Tuco Pellegrini
15. Encontro no ar (Deco Romani e Wanderley Monteiro) – com Renato da Rocinha
16. Canto da Quilombola (Deco Romani) – com Comunidade Quilombola