Creche de Teresina registra 10º arrombamento em seis meses; veja vídeo


Na madrugada desta sexta-feira (23), um homem entrou na creche Joffre do Rêgo Castelo Branco e levou diversos equipamentos da instituição. Imagens de circuito interno mostram momento em que arrombador invade escola
A creche Joffre do Rêgo Castelo Branco, localizada no bairro Marques, Zona Norte de Teresina, foi alvo de bandidos pela 10ª vez em um ano. Na madrugada desta sexta-feira (23), um homem, ainda não identificado, entrou no local e levou diversos equipamentos da instituição. O circuito interno de segurança filmou ação do bandido.
Pelas imagens é possível ver o momento em que um homem pulou o muro da escola Murilo Costa, que fica localizada ao lado da creche, e teve acesso às dependências do local. O circuito interno de segurança filmou o criminoso subindo no ar-condicionado da diretoria, depois quebrando o forro e entrando na sala onde estavam os equipamentos.
“Desde o mês de outubro que somos alvo de bandidos. Esta é a 10ª vez que eles entram na escola e levam nossos equipamentos. Eles já até roubaram a merenda escolar da crianças. Desta vez, ele levou seis resmas de papel, caixa de som, micro system, furadeira e outras ferramentas”, contou a vice-diretora, Jociane Ramos.
Bandido levou material escolar e equipamentos eletrônicos
Catarina Costa/G1 PI
A vice-diretora informou ainda que o bandido só não conseguiu levar mais equipamentos da escola porque as funcionárias escondem e levam os produtos para casa.
Jociane Ramos acredita que a retirada do vigia noturno da instituição tem contribuído para os constantes arrombamentos. Conforme ela, a Secretaria de Educação tirou a vigilância noturna desde janeiro do ano passado e desde então a creche tem sido alvo de bandidos.
Escola Joffre do Rêgo Castelo Branco foi arrombada 10 vezes em seis meses
Catarina Costa/G1 PI
“Antes, a presença de uma pessoa intimidava, mas sem o vigia eles entram facilmente. O mais audacioso é que o crime é cometido somente por uma pessoa que consegue levar muitas coisas da escola. Desta vez, o alarme até disparou, mas a empresa chegou somente 30 minutos depois que o bandido tinha ido embora”, reclamou.
A vice-diretora desabafou relatando que cansou de registrar boletins de ocorrência, porque a polícia não toma providências. Segundo ela, os policiais do 2º distrito policial, responsável pela região, alegam que os casos são pequenos furtos e difícil de encontrar os criminosos.
Em nota, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) lamentou mais um caso de arrombamento em escola de Teresina e disse que pediu providências aos órgãos de segurança pública. O órgão informou ainda que o Centro Municipal de Educação Infantil Joffre do Rêgo Castelo Branco foi novamente invadido, mesmo com reforço na segurança, pois possui câmera de vigilância eletrônica, grades reforçadas e sensor de presença. Uma equipe da Semec esteve no local para providenciar o reparo imediato na estrutura danificada.
A Secretaria de Segurança Pública informou que o delegado Sebastião Alencar, titular do 2º Distrito Policial, instaurou o inquérito para apurar o caso e está realizado a perícia na escola onde foram recolhidas imagens do suspeito. Policiais estão em diligência para localizar o suspeito e recuperar os objetos roubados.

Powered by WPeMatico