Coronavírus: Reino Unido exige quarentena de viajantes espanhóis


Turistas e residentes vindos da Espanha deverão cumprir 14 dias de isolamento ao desembarcar no Reino Unido; país ibérico voltou a ter aumentos nos casos diários de Covid. Passageiros chegam ao aeroporto de Heathrow, em Londres
Toby Melville/ Reuters
Os passageiros que chegam da Espanha no Reino Unido terão que ficar confinados por duas semanas, depois que o governo britânico anunciou neste sábado (25) sua retirada da lista de países isentos devido ao aumento na disseminação do novo coronavírus.
Desde domingo, as pessoas que estão de férias na Espanha são incentivadas a respeitar as regras locais, voltar para casa conforme planejado e se ficar confinado voluntariamente.
“O Centro Inglês de Biossegurança e Saúde Pública atualizou a situação da Espanha com base nos dados mais recentes”, disse um porta-voz do governo britânico.
“Como resultado, a Espanha foi removida da lista de países dos quais os passageiros que chegam estão isentos da necessidade de se confinarem na chegada à Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte”, acrescentou.
O governo recomenda não viajar, exceto por necessidade essencial, para a Espanha continental, mas a recomendação não se aplica às Ilhas Canárias ou Baleares.
Um mês após a Espanha emergir de um longo estado de emergência, novas infecções começaram a surgir e as autoridades de saúde apontam a reativação da vida noturna como uma das causas da propagação do vírus.
O novo coronavírus afetou fortemente a Espanha, com um saldo de mais de 28 mil mortes e mais de 272 mil pessoas infectadas.
Initial plugin text