Controlador do GPA cancela dividendos e ações recuam


No final da terça-feira, o Casino afirmou que não vai pagar o dividendo intermediário pois vai se concentrar em reduzir dívida. Logo do grupo Casino
Stephane Mahe/Reuters
As ações do grupo varejista francês Casino recuavam nesta quarta-feira (29), depois que o controlador do brasileiro GPA cancelou dividendos intermediários e teve sua nota de crédito reduzida pela Standard & Poor’s.
Às 9h35 (horário de Brasília), as ações do Casino exibiam queda de cerca de 4% na bolsa de Paris, a 31,11 euros.
No final da terça-feira, o Casino afirmou que não vai pagar o dividendo intermediário pois vai se concentrar em reduzir dívida. Já a S&P reduziu a nota da companhia em dois pontos na região de “junk”, de BB- para B.
Na semana passada, um tribunal de Paris colocou a controladora do Casino, a holding Rallye, sob proteção contra credores por pelo menos seis meses.
O Casino tem vendido ativos para reduzir dívida. O cancelamento do dividendo também vai ajudar a empresa a preservar recursos para corte de débitos, mas analistas continuam com receios sobre investimento na ação da empresa.
“Não há razão para se comprar Casino. É um assunto complicado, com as dívidas, e o setor de supermercados em geral sob pressão por causa de competição ferrenha”, disse Jerome Schupp, gestor da companhia de investimento suíça Prime Partners.
A Rallye tem dívida líquida de 2,9 bilhões de euros e o Casino tem dívida de 2,7 bilhões.