Conheça Petit Abel, ilustrador que vem explicando o ‘BBB21’ por meio de charges


Aos 32 anos, Petit tem Maurício de Sousa e Ziraldo como algumas de suas referências. ‘Meu traço sempre me leva à criação de personagens gorduchos e bastante caricatos.’ “BBB21” é inspiração para novos trabalhos do ilustrador Petit Abel
Reprodução/Twitter
A amizade entre Camilla de Lucas e João Luiz, os planos de Arthur e Projota e o beijo entre Gilberto e Lucas são algumas das imagens do “BBB21” que passaram de inspiração para obra nas mãos de Petit Abel.
Aos 32 anos, o ilustrador e designer divide a agenda profissional entre as duas carreiras. Ele tem chamado a atenção ao dar novas cores e contornos ao que se passa no reality show.
“Sempre gostei do BBB, mas passei alguns anos sem assistir. Voltei acompanhar logo após o conflito ‘mulheres x homens’ na edição de 2020. Então vi que a edição tocou em alguns temas que eu já abordava no meu trabalho e comecei a desenhar.”
“A ilustrações começaram a viralizar, o programa foi ficando cada vez mais importante e agora me tornei fã”, afirma Abel ao G1.
“Muita gente me conheceu por conta disso”, comemora o ilustrador, que ganhou o apelido de Petit no período em que morou na França, por conta de seu 1m65.
A ilustração do artista sobre o reality que gerou maior repercussão é a que retrata todos os participantes do programa no gramado da casa (veja abaixo).
“Chegou a impactar mais de 2 milhões de pessoas no Instagram e mais de 5 milhões no Twitter. Foi surreal.”
Ilustração de Petit Abel mostra todos os participantes do “BBB21”
Reprodução/Twitter
Outra imagem que teve grande repercussão é a que eterniza o beijo entre Lucas e Gilberto, horas antes de o ator desistir do jogo e pedir para sair do reality show.
“Esta edição começou muito pesada, porque os participantes carregavam um medo enorme do ‘cancelamento’. O público se sentiu muito incomodado com algumas cenas e o beijo do Lucas e do Gil trouxe fôlego para nós.”
“O fato jogou luz sobre muitas questões importantes envolvendo homofobia, saúde mental e sentimentos, então retratei o que estava sentindo diante daquilo tudo. Foi uma comoção geral”, explica.
Para finalizar os desenhos do reality, Abel leva cerca de duas horas. Ilustrações mais complexas, chegam a durar seis horas. A mais rápida que já fez em seus cinco anos de trabalho profissional foi uma homenagem a Tom Veiga, o Louro José, morto em novembro de 2020, vítima de um AVC.
Initial plugin text
“Fiz assim que vi a notícia, pois cresci assistindo o ‘Mais Você’ e gostava muito do personagem. Acho que fiz em menos de 30 minutos e, inesperadamente, viralizou nas redes sociais.”
Mas nem sempre os projetos fluem com tamanha facilidade. “Travo sempre e isso é um terror! Os deadlines são sempre curtos, assim como o timing das redes. Percebi que isso acontece quando estou sobrecarregado. Acho que é o meu cérebro pedindo socorro. Então a única alternativa é descansar.”
O ilustrador Petit Abel
Arquivo Pessoal
Referências
Nascido em Tucano, no sertão da Bahia, Abel conta que desenha desde criança e tem Maurício de Sousa e Ziraldo como referência.
Também curtia “quadrinistas, como Mike Deodato e Erica Awano, outros artistas que produzem conteúdo para a internet, como IlustraLu e Paulo Moreira, e meus colegas da época da faculdade que arrebentam”.
Em suas ilustrações, ele procura retratar com leveza temas sociais como representatividade, LGBt+, meio ambiente, gordofobia, política, indígenas e cultura pop. Em período de pandemia, não são poucas as ilustrações sobre vacina e personagens com máscaras de proteção contra a doença.
“Já desisti de ilustrar vários conteúdos para a minha página, principalmente aqueles que tocam em assuntos polêmicos demais. Só ilustro temas que consigo debater para não correr o risco de criar algo que soe agressivo ou desrespeitoso.”
A principal características de suas ilustrações está na “fofura”, seja nos desenhos que ilustra os brothers do reality, homenageia Louro José ou faz uma releitura de obras como O Abaporu, de Tarsila do Amaral, para uma coleção própria de camisetas.
“Meu traço sempre me leva à criação de personagens gorduchos e bastante caricatos. As pessoas dizem que dá vontade de apertar.”
VÍDEOS: Saiba tudo sobre entretenimento com o Semana Pop