Combos do Globoplay com Disney+ começam a ser vendidos nesta terça-feira (17)


Serviços de streaming poderão ser assinados em uma única oferta, a partir de R$ 37,90. Globoplay e Disney+ se unem para oferecer combo inédito no Brasil
Divulgação
As vendas dos combos do Globoplay com Disney+ começam na manhã desta terça-feira (17). Os dois serviços de streaming poderão ser assinados em uma única oferta, a partir de R$ 37,90.
O anúncio de parceria entre as plataformas foi feito no início de novembro.
Serão oferecidos combos do Disney+ com o Globoplay básico e com o novo Globoplay + Canais Ao Vivo, em planos mensais e anuais. Os descontos vão de 10% a 25% em relação aos preços dos produtos assinados isoladamente no plano mensal.
Os atuais assinantes do Globoplay que contrataram o serviço diretamente pela web também poderão fazer upgrade para os novos combos.
“Nós sempre ouvimos os consumidores para entender seus desejos e aspirações. Nesse processo, uma mensagem vem se tornando cada vez mais clara: as pessoas querem simplicidade, conveniência, qualidade e preço justo. Para atender a essa demanda, nos associamos aos nossos parceiros da Disney para reunir em uma única oferta dois serviços de streaming que têm simplesmente o melhor em termos de conteúdo: filmes, séries, novelas, documentários, desenhos, programas infantis e para a família e ainda os melhores canais da TV por assinatura, no caso do combo com o Globoplay + Canais ao vivo. Tudo isso por um preço que as pessoas podem pagar”, afirma Erick Brêtas, diretor de Produtos e Serviços Digitais da Globo.
Quais os preços?
Globoplay com Disney+
Mensal: R$ 43,90 por mês
Anual: R$ 454,80 ou em até 12 X R$ 37,90
Globoplay + canais ao vivo com Disney+
Mensal: R$ 69,90 por mês
Anual: R$ 718,80 ou em até 12 x R$ 59,90
O que estará disponível no Disney+?
O serviço de streaming por assinatura da The Walt Disney Company contará com o acesso exclusivo e permanente à coleção completa disponível de filmes e séries de Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic, além de produções originais exclusivas.
Na América Latina, alguns dos novos filmes, séries, documentários e curtas produzidos para serem vistos somente na plataforma (Disney+ Originals, com 19 indicações ao Emmy® no 2020) estarão disponíveis no lançamento do serviço, outros irão estrear posteriormente.
As novas histórias da Marvel Studios, que chegarão na região em lançamento simultâneo aos EUA atualmente programado para 2020 e 2021: “WandaVision”, a série de comédia que combina o estilo das comédias clássicas com o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), no qual Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) estão vivendo uma vida suburbana ideal, até começarem suspeitar que nem tudo é o que parece “Falcão e o Soldado Invernal”, que reúne Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/O Soldado Invernal (Sebastian Stan) após os eventos de “Vingadores: Ultimato”, em uma aventura global que testa suas habilidades e paciência; e “Loki”, uma nova série na qual Tom Hiddleston volta ao seu papel como Loki e que também se passa depois de “Vingadores: Ultimato”.
Os oito episódios que compõem a primeira temporada de “The Mandalorian”, a série épica de live-action da saga Star Wars que acumula 15 indicações ao Emmy, com Jon Favreau como showrunner e Pedro Pascal como o Mandaloriano. Os fãs de Star Wars também poderão ver em novembro “Disney Gallery: The Mandalorian” uma série documental que explora os bastidores da primeira temporada de “The Mandalorian” em entrevistas, imagens exclusivas e mesas redondas com os envolvidos no projeto. Além disso, “Star Wars: The Clone Wars”, a série animada vencedora do Emmy, retorna para sua conclusão épica no Disney+.
Filmes criados pelo The Walt Disney Studios exclusivamente para a plataforma, como “A Dama e o Vagabundo”, uma versão live-action do clássico de animação de 1955; “Noelle”, uma comédia original com temática natalina protagonizada por Anna Kendrick; “Togo”, uma história real ambientada no inverno de 1925, na perigosa tundra do Alasca, cheia de aventura, que testarão a força, a coragem e a determinação de um homem, Leonhard Seppala (interpretado por Willem Dafoe, nomeado para o Oscar quatro vezes) e Togo, seu principal cão de trenó
Filmes que capturam a essência de experiências ao vivo, como “Hamilton”, que representa um salto na arte de filmar shows ao vivo como longas-metragens e transportará o público para o mundo dos espetáculos da Broadway de maneira única e intimista, conta com a direção de Thomas Kail e produção executiva de Lin-Manuel Miranda e Jeffrey Seller, entre outros.
“High School Musical: O Musical – A Série”, uma nova série que segue os dias dos alunos do East High que estão se preparando para apresentar um musical na escola pela primeira vez, com muitas referências à franquia original do Disney Channel. “Secret Society of Second-Born Royals”, um filme emocionante que combina o encanto da realeza com as aventuras repletas de ação de super-heróis em treinamento. Da diretora Anna Mastro e baseado em uma história de Alex Litvak, Andrew Green e Austin Winsberg.
A série original do Disney+ “The Right Stuff” uma adaptação do best-seller homônimo de Tom Wolfe, no qual ele relata no gênero “não-ficção” os primeiros dias do programa espacial dos Estados Unidos. Produzida para a National Geographic por Leonardo Di Caprio e Jennifer Davisson da Appian Way e Warnet Bros Television. Warner Horizon Scripted Television, c.Mark Lafferty (“Castle Rock”, “Halt and Catch Fire”) é produtor executivo e showrunner.
O “Projeto Os Heróis da Marvel”, que celebra os extraordinários jovens que fazem a diferença em suas comunidades. A série documental de seis episódios “The Imagineering Story”, da diretora Leslie Iwerks, indicada ao Emmy e ao Oscar.
As novas séries em formato curto “Pixar na Vida Real”, “Disney Family Sundays”, “Forky Asks a Question” e a coleção completa de curtas “Disney Sparkshots”, da Pixar Animation Studios.
Animações clássicas da Walt Disney Signature Collection, da Walt Disney Animation Studios, criados ou inspirados na imaginação e no legado de Walt Disney, incluindo: “Branca de Neve e os sete anões”, “A bela e a fera”, “Pinóquio”, “Bambi”, “O rei leão”, “A dama e o vagabundo”, “Peter pan”, “A pequena sereia”, “Cinderela” entre outros.
Os mais recentes sucessos da Disney em live-action, tais como: “Aladdin”, “Mogli – o menino lobo”, “O rei leão”, “A bela e a fera”, “Cinderela”, entre outros.
Filmes produzidos pela Marvel Studios e distribuídos pela Walt Disney Studios que fazem parte do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) de “Homem de Ferro” a “Vingadores: Ultimato”.
A saga completa de STAR WARS, desde a estreia em 1977 até o ápice em 2019, além de títulos lançados no cinema que ampliam esse universo como “Rogue One: Uma história Star Wars” e “Han Solo: Uma história Star Wars”.
E no Globoplay?
Só no Globoplay o público encontra novelas que fizeram e fazem história, filmes e séries internacionais e nacionais, produções exclusivas, jornalismo, além da programação ao vivo e completa de todos os canais Globo para assistir como e onde quiser.
O Globoplay decidiu resgatar títulos clássicos de novelas a cada duas semanas. São desde novelas que jamais foram reprisadas até grandes sucessos exibidos no ‘Vale a Pena Ver de Novo’ e no Viva. “A Favorita”, “Explode Coração”, “Tieta”, “Vale Tudo”, “Laços de Família”, “Fera Radical”, entre outras, estão entre os títulos já disponibilizados. Até agora a plataforma tem 107 novelas disponíveis.
O investimento em originais nacionais é crescente. São séries como “Hebe”, “Desalma”, “Todas as Mulheres do Mundo”, “Shippados”, “Aruanas”, “Ilha de Ferro”, entre outras. Ainda este mês, “As Five” chega à plataforma.
A parceria com o mercado independente é cada vez mais frequente. Entre as séries originais que são coproduções estão “Arcanjo Renegado”, “A Divisão” e “Sessão de Terapia”.
Também há séries internacionais vencedoras de Emmys como The “Handmaid’s Tale”, “Homeland”, “Modern Family”, “Killing Eve”, “Grey’s Anatomy” e “Dexter”.
Outros sucessos internacionais são “The Good Doctor”, “Manifest”, “The Big Bang Theory”, “Filho Pródigo”, “Vampire Diaries”, “Prison Break”, “One Tree Hill”, “Chicago Fire”, “Chicago PD”, “Chicago Med”, entre outros.
Documentários originais e exclusivos apresentam temas relevantes e que dialogam com a sociedade, como “Marielle”, “Em Nome de Deus”, “Medina”, entre outros.
O cardápio tem ainda shows ao vivo e documentários musicais exclusivos de diversos artistas, entre eles da dupla “Sandy & Junior”, “Tardezinha” (Thiaguinho) e o documentário “Narciso em Férias” (Caetano Veloso).
Conteúdos exclusivos Globoplay como “Zoey a Sua Fantástica Playlist”, “Como se Tornar uma Divindade na Flórida”, “The Head – Mistério na Antártida”, “A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert”, “A Million Little Things”, entre outros.
Filmes nacionais e internacionais como “Cinquenta Tons de Cinza”, “Os Homens São de Marte e é Pra Lá que Eu Vou”, “Kung Fu Panda 3”, “Minha Mãe é Uma Peça 2”, “Como Treinar Seu Dragão 2”, “Manchester à Beira-mar”, entre outros.
Toda programação ao vivo da Globo.
Oferta completa dos canais lineares da Globo através do Globoplay + canais ao vivo, que agrega em um só lugar, além da TV Globo, o Multishow, Globonews, Sportv 1, Sportv 2, Sportv 3, GNT, Viva, Gloob, Gloobinho, Off, Bis, Mais Na Tela, Megapix, Universal TV, Studio Univeral, SYFY, Canal Brasil e Futura.
VÍDEOS: as notícias mais assistidas do G1 nos últimos 7 dias