Com cerca de 80 expositores, Fenicafé é realizada nesta semana em Araguari


Tema central de 2018 é “Tempo de irrigar com consciência”; cafeicultores esperam que negócios superem os R$ 30 milhões. Abertura da feira foi nesta terça-feira (14)
Fenicafé/Divulgação
Com o tema central “Tempo de irrigar com consciência”, a 22º Feira Nacional de Irrigação da Cafeicultura no Cerrado (Fenicafé) de 2018 começou nesta terça (13) e vai até quinta (15), no Pica-Pau Clube, em Araguari. A expectativa da associação dos cafeicultores é de que os negócios superem os R$ 30 milhões que foram movimentados na ultima edição.
A Fenicafé reúne cerca de 80 expositores de temas relacionados ao café e cerca de 20 mil visitantes entre empresários, produtores rurais e profissionais ligados ao agronegócio. A feira é a oportunidade que eles têm para atualizar sobre o ramo e conhecer equipamentos que irão auxiliar na lavoura.
O tema central deste ano trata da sustentabilidade da produção do grão. O presidente da Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), Cláudio Morales Garcia falou sobre o tema na abertura do evento.
“Enfrentamos turbulências: a crise econômica, que afetou diversos setores da economia brasileira; e a crise hídrica que ainda assombra os produtores que se utilizam da água como fonte de irrigação das lavouras”, disse.
A programação de atividades da Fenicafé conta com debates, palestras e workshops, que podem ser acessadas no site do evento.

Powered by WPeMatico