Cinemas organizam sessões privadas para grupos como medida de segurança contra a Covid-19


Redes oferecem sessões exclusivas para até 20 pessoas com preços que variam de R$ 200 a R$ 600. Com restrições, cinemas voltam a funcionar a partir desta quinta-feira em Bauru
TV TEM/Reprodução
Algumas redes de cinemas oferecem, a partir desta semana, sessões privadas para grupos de família ou amigos como uma das medidas de segurança contra a Covid-19.
As sessões podem receber até 20 pessoas e custam em torno de R$ 200 a R$ 600, de acordo com a cidade, o tipo de sala e o filme.
Cinemas de volta: Como as sessões e salas se adaptam para a reabertura
Acha caro ir ao cinema? Entenda como se calcula o valor dos ingressos
Os cinemas fizeram parte dos estágios finais de reabertura em diversas cidades e, desde outubro, o número de salas abertas tem aumentado no país.
Cada cidade estabelece protocolos de segurança específicos para os cinemas. Mas de modo geral, entre as principais mudanças, estão:
Intervalo maior entre as sessões para higienização de todas as poltronas;
Redução da capacidade das salas, com poltronas bloqueadas;
Uso obrigatório de máscara para funcionários e para o público;
Medição diária da temperatura dos funcionários;
Aumento das equipes de limpeza;
Sistema de purificação do ar-condicionado.
Semana Pop explica como ficou o calendário de filmes para os próximos meses
A programação ainda é dominada por clássicos e filmes recentes, mas os lançamentos têm voltado aos poucos.
O maior lançamento até o momento foi “Tenet”, mas outras produções já estão na fila dos cinemas: “Mulher-Maravilha 1984”, “Viúva Negra”, “Respect”, “Velozes e Furiosos 9”, “Um lugar silencioso – Parte 2” e “007 – Sem tempo para morrer”.
VÍDEOS: Semana Pop explica temas do entretenimento