Cinco pontos com focos do Aedes aegypti são identificados em Córrego Fundo


Segundo a Prefeitura, fiscalização foi intensificada na cidade, que teve a confirmação de dois casos de dengue em março. Agentes fizeram inspeção em bairros onde casos de dengue foram confirmados
Prefeitura de Córrego Fundo/Divulgação
Pelo menos cinco focos do mosquito Aedes aegypti foram identificados em Córrego Fundo, segundo informou nesta terça-feira (27) a Secretaria Municipal de Saúde. A descoberta foi feita durante a intensificação dos trabalhos de fiscalização na cidade após a confirmação de dois casos de dengue.
Entre os dias 12 e 16 março, dois moradores da cidade foram diagnosticados com dengue- um reside no Centro e outro no Bairro Mizael Bernardes.
Conforme a secretaria, dos sete imóveis com criadouros do pernilongo, em cinco as larvas estavam contaminadas com o vírus transmissor da dengue.
Na região
O número de casos prováveis de dengue (confirmados e sob suspeita) no Centro-Oeste de Minas já passa de 500, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) no dia 20 de março.
O levantamento mostra que Nova Serrana é a cidade com o maior número de casos: são 201 entre confirmados e em investigação. Entre os cinco municípios com maior incidência na região, Nova Serrana é seguida por Moema (71), Estrela do Indaiá (49), Divinópolis (34) e Formiga (22).
O boletim ainda aponta que há oito casos prováveis de febre chikungunya na região e outros de seis de zika vírus.

Powered by WPeMatico